Prefeitura busca receber de volta dinheiro pago em respiradores

A prefeitura de Americana está em busca de receber de volta o valor usado na compra dos respiradores que estavam sendo usados no Hospital Municipal e que apresentaram problemas.

Os equipamentos foram adquiridos com dinheiro do duodécimo devolvido à prefeitura pela Câmara Municipal em abril. O valor total do repasse foi de R$700 mil, usados na compra de 12 kits de intubação. Os equipamentos que apresentaram problemas foram devolvidos à empresa após laudo contestando a qualidade.

O fato foi percebido por funcionários do Hospital Municipal que prepararam um relatório apontando que o ventilador Ventmed “não tem a modalidade Ventilação Não Invasiva (VNI) “, indicada no tratamento de pacientes menos graves acometidos pelo coronavírus.

 

LEIA TAMBÉM: MP cobra prefeitura por ‘qualidade dos respiradores’

 

Respiradores. Prefeitura identifica problemas e responde MP 

 

VEREADOR GUALTER. Durante a sessão desta quinta-feira, o vereador Gualter Amado (Republicanos) apresentou uma investigação detalhada – feita por conta própria -, de todo o histórico das empresas envolvidas na fabricação, montagem e venda dos referidos respiradores e se deparou com fatos incompatíveis. Gualter apresentou aos colegas um “dossiê” após falar com diversas pessoas e setores (polícia, comerciantes, populares, políticos) da cidade onde seria a sede da empresa que realizou a venda dos respiradores. O vereador afirmou que apresentará tudo ao Ministério Público.

Após a apresentação de Gualter, assistida com atenção pelos colegas, o vereador Juninho Dias (MDB) afirmou que fará o convite ao secretário de Saúde de Americana, Danilo Oliveira, para prestar esclarecimentos na Câmara Municipal.

Já o presidente Thiago Martins (PV), que fez a doação do valor à prefeitura para a compra dos aparelhos, disse que convocará o responsável da secretaria de saúde de Americana pela compra dos equipamentos para esclarecer eventuais dúvidas.

PREFEITURA. Diante do ocorrido, a prefeitura se manifestou; veja a nota enviada:

A Secretaria de Saúde de Americana informou que vem mantendo as tratativas junto à empresa Avante Comércio Atacadista de Instrumentos Hospitalares LTDA, fornecedora dos respiradores que, no início de julho, apresentaram problemas de leitura de parâmetros e foram devolvidos à empresa fornecedora.

Os problemas foram apontados por profissionais do HM e documentados por solicitação da própria direção. Após perícia contratada pelo município constatar os problemas, o caso passou imediatamente a ser apurado por meio de investigação interna.

As apurações estão em curso desde o início do mês, sendo que há tratativas extrajudiciais para a devolução do montante pago e também do aluguel de sete aparelhos que precisaram ser repostos. De acordo com a Secretaria de Saúde, caso não seja restituído o valor nos próximos dias, a prefeitura irá recorrer judicialmente para pleitear a devolução, com todo o respaldo legal.

Tanto a empresa fornecedora, quanto a fabricante são devidamente constituídas e inscritas nos órgãos públicos com todas as suas licenças de funcionamento ativas, seja em nível municipal, estadual e federal.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE