Respiradores. Prefeitura identifica problemas e responde MP

A Prefeitura de Americana e o Hospital Municipal “Dr. Waldemar Tebaldi” enviaram nota à imprensa esta sexta-feira para tratar do processo aberto pelo Ministério Público para investigar falhas nos respiradores compradores em abril deste ano. A disputa agora está em torno dos laudos, de quem fez e de quem vai controlar a avaliação nas próximas semanas.

Leia a nota abaixo.

 

A Prefeitura de Americana e o Hospital Municipal “Dr. Waldemar Tebaldi” e informam que a análise independente contratada para analisar os respiradores recentemente comprados pelo município identificou, preliminarmente, problemas em um dos equipamentos, o que vai exigir análise e investigação dos demais.

A investigação foi iniciada pela Secretaria de Saúde, após apontamentos de profissionais do HM sobre possíveis dificuldades para a operação dos aparelhos. Este relatório foi tornado oficial apontando haver problemas e, a partir daí, se iniciaram as apurações.

A Secretaria de Saúde já comunicou os primeiros resultados ao Ministério Público e, em paralelo, abriu sindicância interna para apurar toda e qualquer denúncia relativa ao caso. É preciso destacar que os equipamentos possuem toda a documentação necessária junto à Anvisa, e que eles operam em outros municípios, por isso se faz importante alertar as autoridades sobre cada passo desta apuração.

De acordo com o apontamento profissional, ainda será necessária maior análise de todo o equipamento antes de um parecer definitivo. Até que isso ocorra, os respiradores ficarão lacrados e sem utilização.

Os equipamentos vinham operando apenas em casos emergenciais, conforme apontamento dos profissionais do HM. Esclarecemos que não haverá desassistência ocasionada pela interrupção na sua utilização.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE