Região testa pouco, mas Covid-19 mata igual no resto do país

A taxa de letalidade do novo coronavírus na região segue bem próxima dos resultados apresentados no Estado de São Paulo e no Brasil. As cidades de Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e Nova Odessa destoam do Estado no número de testes aplicados.

Enquanto o Estado já testou quase 1,5% da população, na região, a média de testagem é irrisória- ficando em torno de 0,3%. Nova Odessa é a cidade que menos testa e, junto com Santa Bárbara d’Oeste, que também testa pouco, a quem tem maior taxa de letalidade- 6,5%.

Numericamente, Sumaré é a cidade com maior número de testes, com maior número de casos positivos e maior número de óbitos.

Com muitos casos concentrados em uma casa de repouso, Americana vem em segundo lugar no número de óbitos e de casos confirmados.

Com quase 50% de resultados testados positivos, Nova Odessa tem, proporcionalmente, o maior número de óbitos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE