Edit

Zeca Camargo ‘pena’ na Globo

Em quase 50 anos no ar, poucas vezes a Globo desprestigiou tanto um apresentador como acontece com Zeca Camargo. Após a repercussão negativa da saída de Patrícia Poeta do Jornal Nacional, a emissora enfrenta agora a onda de manchetes desfavoráveis sobre o tratamento dispensado ao jornalista. A Globo confirmou que Grazi Massafera assumirá o comando do Vídeo Show. O convite foi feito por Ricardo Waddington, o mesmo diretor de núcleo que convenceu Zeca Camargo a trocar o Fantástico pela revista eletrônica sobre os bastidores da TV. O canal anunciou ainda que Otaviano Costa permanecerá na atração. O ator começou como repórter, ganhou cada vez mais espaço ao lançar mão de seu talento para a comédia e hoje tem status de apresentador principal do Vídeo Show. Existe a expectativa de que Grazi e Otaviano formem um casal com alto índice de aceitação do público. Ambos possuem incontestável versatilidade e carisma, características fundamentais para comandar a atração vespertina da Globo. E o Zeca, o que será dele? Pelo que se divulgou, o apresentador foi convidado a criar e apresentar novos quadros no programa. Uma proposta evasiva que o deixa em situação ainda mais desconfortável. A frustração do jornalista começou logo após a estreia do que seria o novo formato do Vídeo Show, em novembro do ano passado. O formato recorrente ??? talk show com famosos e brincadeiras no estúdio ??? logo foi sendo substituído por matérias externas e a reedição de antigos quadros. Mas nada se mostrou eficiente para estancar a queda de audiência. Zeca voltou a ser repórter e passou a aparecer cada vez menos no próprio programa. Ao mesmo tempo, Otaviano se firmava como nome central do Vídeo Show. Hoje, Zeca Camargo está no limbo. Perdeu prestígio, ganhou rejeição e não há perspectiva de um novo projeto no canal. Ao invés de ser desligado do Vídeo Show, é mantido no conhecido e indesejável processo de ???fritura???. Se há consenso de que ele não funcionou no Vídeo Show, o mais adequado seria colocá-lo em outro posto na emissora. Especialista em turismo, o jornalista poderia fazer matérias para o Globo Repórter. Ou ainda ser correspondente em Los Angeles, fazendo a cobertura de Hollywood. Em 18 anos no Fantástico, ele sempre circulou com desenvoltura pelo mundo do entretenimento e da cultura pop. O menos indicado é continuar ofuscado no Vídeo Show, sendo coadjuvante naquele que um dia foi seu programa.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE