Zabobrim, o Rei Vagabundo em Americana

O novo espetáculo do Barracão Teatro “Zabobrim, o Rei Vagabundo” será apresentado em Americana no dia 22/10, quinta-feira, às 20h no Fábrica das Artes. A peça está circulando por cidades do interior com ingressos a preços populares e gratuitos como contrapartida por ter sido realizada com recursos do ProAC Editais ??? Programa de Ação Cultural da Secretaria de Estado da Cultura.
 Na peça, Zabobrim, o palhaço vagabundo remexe o lixo e encontra uma lâmpada mágica. Um gênio lhe concede três pedidos e ele pede para se tornar rei. Seu desejo é realizado e Zabobrim retorna ao passado, quando o fim da monarquia se anuncia e os reis estão perdendo suas cabeças. A direção é de Tiche Vianna, que também assina a dramaturgia com Esio Magalhães, protagonista da trama, como o palhaço Zabobrim. O elenco é formado por Cintia Birocchi, Raíssa Guimarães, Rodrigo Nasser e Ulisses Junior. A cada apresentação, o Barracão Teatro convida uma palhaça para uma participação especial. Para as próximas datas, a peça contará com as atuações das palhaças Bolha (Joana Toledo Piza) e Begônia (Fernanda Jannuzzelli). O pianista e compositor Marcelo Onofri é autor das composições e responsável pela direção musical do espetáculo. Durante as apresentações, ele e o músico Henrique Cantalogo Couto se revezarão ao piano executando a trilha ao vivo. A peça fez temporada de quatro semanas no SESC Santana, em São Paulo, recebendo critica elogiosa. Em Campinas, foi apresentada no SESC Campinas e na Sala dos Toninhos com bastante êxito de público. Processo de criação A criação de Zabobrim, o Rei Vagabundo contou com imersão do grupo em estudos, encontros com especialistas, discussões e experimentos cênicos com textos tradicionais de Circo Teatro do repertório do Circo Tubinho, dirigido por Pereira França Neto, o palhaço Tubinho, que prestou assessoria ao grupo. A partir desta pesquisa, o Barracão Teatro encontrou sua própria forma de trabalhar com o Circo Teatro, unindo as máscaras do palhaço e da Commedia dell”Arte em cena. O resultado é um espetáculo que provoca o riso entre o público erudito, popular, jovens e adultos. Ao mesmo tempo, a peça conserva a característica Barracão em produzir espetáculos cômicos e críticos. Em Zabobrim, o Rei Vagabundo, o Barracão Teatro retomou os princípios do Circo Teatro e da Commedia dell’Arte para criar um espetáculo no qual um palhaço, figura central na linguagem circense, se relaciona com os tipos representados pelas máscaras de Commedia dell’Arte. Na dramaturgia do Circo Teatro, o palhaço é o grande responsável pela comicidade através da relação direta com o público. Com a maestria dos improvisos, integra suas quebras cômicas ao contexto da história, ao mesmo tempo que desconstrói, de modo lúdico, a própria obra de ficção. As cenas são realizadas com muitas confusões e quiproquós, em um ritmo alegre e dinâmico, para divertir e emocionar a plateia.  30 anos de pesquisa Em 2015, a diretora e uma das fundadoras do Barracão Teatro, Tiche Vianna, completa 30 anos como pesquisadora da Commedia dell’Arte. Em 1985, ela pela primeira vez encenou um espetáculo da tradição italiana. De lá para cá, além de ter sido uma das principais difusoras desta linguagem artística, a pesquisa desenvolvida no Barracão Teatro resultou em novas máscaras, que incorporam a tradição popular brasileira. Estas máscaras podem ser vistas em diversas peças do repertório do grupo. Ficha Técnica Dramaturgia: Esio Magalhães e Tiche ViannaDireção: Tiche ViannaElenco: Cintia Birocchi, Esio Magalhães, Raíssa Guimarães, Rodrigo Nasser e Ulisses Junior.  Joana Toledo Piza (Palhaça Bolha) / Fernanda Jannuzzelli (Palhaça Begônia)Execução de música ao vivo: Marcelo Onofri e Henrique CantalogoComposição e Direção Musical: Marcelo OnofriFigurinos: Antonio ApolinárioCenário: Vittor AkkasMáscaras: André Marcelino e Esio MagalhãesIluminação: Eduardo Brasil Sobre o Barracão Teatro Formado em 1998 como espaço de investigação e criação cênica, por Esio Magalhães e Tiche Vianna, o Barracão Teatro dedica-se à pesquisa da linguagem da máscara, do palhaço, da Commedia dell’Arte, da improvisação e do aprofundamento do trabalho de ator como veículo da expressão teatral. Ao longo de seus 17 anos de trajetória artística, somaram-se diversos parceiros. O Barracão Teatro conta hoje com um repertório de nove espetáculos, que apresenta por diversos estados brasileiros e no exterior, com apoio de editais e prêmios. 
INFORMA????ES PARA IMPRENSA:
AG??NCIA CAMBALHOTA- 19 99116 0398 (CI??A) / 19 991739757 (CHRISTIZI)
 
 
 
SERVI??O
Zabobrim, o Rei Vagabundo
Classificação indicativa: 12 anos
22 de outubro às 20h
Local: Fabrica das Artes – R. Dr. Cícero Jones, 146 – Vila Rehder, Americana (SP)
Ingresso: Gratuito e deve ser retirado 1h antes do horário da apresentação. Depois do espetáculo, será passado o chapéu – o espectador decide qual é o valor que quer/pode pagar pela experiência de assistir à peça.
 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE