Yellow, Uber. A tecnologia de compartilhamento

Quem vive em algumas das maiores cidades do Brasil já deve ter encontrado bicicletas amarelas estacionadas em diversos pontos. E basta chegar com o celular, usar o aplicativo e liberar a bike para pedalar por aí. Estas bikes da Yellow – que também oferece patinetes – são exemplos de como a tecnologia de compartilhamento já faz parte da nossa vida.

E o negócio não pára por aí! Temos exemplos de aplicativos para compartilhar espaços imobiliários (Airbnb), carros (Uber, 99, etc) e por aí vai!
O mundo está compartilhando – tanto que a Ewave do Brasil, uma das maiores empresas de tecnologia do Brasil, recebe projetos e incuba diversas startups o tempo todo. Ivan Panicio, Diretor Comercial Nacional de Alocação da Ewave do Brasil lembra que na época do Atari, quando um jogador aprendia uma jogada especial – a chamada ‘manha’ –  ele escondia esta manobra somente para ele. Era um trunfo! Hoje, quando um menino consegue aprender uma jogada diferente em qualquer game, a primeira coisa que ele faz é gravar um vídeo mostrando como se faz e postando no Youtube:
“O conhecimento não fica contigo muito tempo. Ou você compartilha este conhecimento e pega os louros pela descoberta ou outra pessoa vai aprender, vai compartilhar e sair na sua frente” explica Ivan!
A velocidade do conhecimento é tamanha que em pouco tempo a descoberta será superada, por isso, é fundamental compartilhar da melhor maneira possível.  Para o especialista da Ewave, essa filosofia está cada vez mais presente com transporte compartilhado, entrega de comida, moradias – até mesmo pela consciência da economia: quando compartilhamos estamos fazemos o bem e o outro também ganha com a atitude. E, é aí que está a grande sacada!
Inteligência Artificial veio para ficarTodo o processo desses projetos envolve muita pesquisa até chegar em um modelo de e-commerce satisfatório – e o processo requer tecnologia até mesmo para mapear as atividades e garantir a segurança dos dados enviados e recebidos. Somente o uso da tecnologia avançada já seria suficiente, mas estamos vivendo uma era de inteligência artificial que melhora ainda mais o universo da conectividade e compartilhamento de serviços:
“A Inteligência Artificial consegue mapear o comportamento e o perfil do usuário. Um bom exemplo é o Skiper, um software de marketing de anúncios desenvolvido apenas para aplicativos. O diferencial é que a ferramenta só anuncia para usuários que, além de baixar o app do cliente final, utiliza efetivamente algum serviço dele, é o que importa” exemplifica Ivan.
Tecnologia é imprescindível para os negóciosNão há como frear a tendência do compartilhamento que traz um melhor custo aos negócios com ganho da recorrência na escala e não mais na unidade vendida. Panício explica que se pensar em ganhar muito com poucas vendas atualmente, o negócio já começa errado.  A grande sacada é fazer bem para muitas gente ao mesmo tempo com tecnologia, garantindo o sucesso do cliente:
“Trazer resultados para muita gente e ganhar pouco com cada usuário, porém com altos lucros no montante final. Esta é a tendência” complementa Ivan.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE