Edit

Willian Souza alerta MP sobre crise por leitos infantis

Preocupado com a chegada do período mais frio do ano, quando aumentam as doenças respiratórias entre as crianças, o presidente da Câmara Municipal de Sumaré, vereador Willian Souza (PT), oficiou o Ministério Público Estadual, nesta quinta-feira (8), sobre a ‘crise’ por leitos infantis e pediátricos em hospitais públicos da Região Metropolitana de Campinas (RMC).

O parlamentar ainda enviou moção de apelo ao governador João Doria (PSDB) solicitando a liberação de novos leitos de enfermaria e de UTI infantil e pediátrico na região. A preocupação do vereador aumentou depois que o Hospital Estadual de Sumaré (HES), que funciona por meio de convênio entre a Secretaria de Estado de Saúde e a Unicamp, teve leitos pediátricos fechados devido ao contingenciamento realizado no início deste ano pelo Governo Estadual e, depois, para liberar mais espaços para tratamento de Covid–19.

A situação já havia sido denunciada pelo presidente da Câmara ao MP. “Com a chegada do outono, a Síndrome Respiratória Aguda Grave, que acomete os pulmões das crianças de forma similar à Covid–19, provoca longas internações. São crianças que, devido ao sistema imunológico imaturo, também ficam imunologicamente deprimidas e mais propensas a infecções gravíssimas. O aumento desse tipo de caso já é perceptível na rede de internações pediátricas”, alerta Willian.

No ofício enviado ao MP nesta quinta, Willian Souza pede que a promotora Luciane Cristina Nogueira Lucas Lo Ré “interceda na situação em tela para que possamos ter ciência de todos detalhes sobre leitos pediátricos na RMC com intuito de evitar a perda do bem maior tutelado pelo Estado Democrático de Direito, que é a vida humana”.

O parlamentar alega preocupação com a possível falta de leitos para crianças com doenças respiratórias durante um dos momentos mais delicados da pandemia em todo Brasil.

Apelo

Na sessão ordinária realizada na terça-feira (6), Willian Souza apresentou a moção de apelo nº 102/2021, aprovada com 18 votos favoráveis. O documento, enviado ao governador João Doria e ao Departamento Regional de Saúde (DRS VII), solicita a liberação de novos leitos de enfermaria e de UTI infantil e pediátrico na RMC.

“A Síndrome Respiratória Aguda Grave é causada por várias doenças, inclusive pelo Coronavírus, por isso, este apelo cumpre papel importante, além de ir ao encontro das necessidades da população da Região Metropolitana de Campinas”, conclui o vereador.

Na moção, Willian Souza ainda pede que a Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde (CROSS) atue com maior celeridade, em caráter de urgência, a fim de evitar um colapso maior na rede de saúde e garantir o atendimento necessário para as crianças que têm problemas respiratórios crônicos.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE