Willian quer redução da tarifa de água e Rodrigo quer doadores de sangue vacinados

Willian Souza pede redução da tarifa comercial de água em Sumaré

28/04/2021 (Quarta-feira)

Parlamentar argumenta que a água fornecida ao comércio é a mesma que chega às residências, motivo pelo qual não há razão para cobrança maior sobre os empresários, especialmente durante a crise gerada pela pandemia

O presidente da Câmara Municipal de Sumaré, vereador Willian Souza (PT), solicitou a redução da tarifa de água paga pelos comerciantes da cidade. Por meio da moção nº 142/2021, encaminhada à concessionária Odebrecht/BRK Ambiental e à agência reguladora Ares-PCJ, o vereador pede que os comerciantes paguem o mesmo valor da tarifa residencial. A moção foi aprovada com 20 votos favoráveis durante a sessão ordinária desta terça-feira (27).

No documento, Willian ressalta que os comerciantes já estão “bastante massacrados pela pandemia que assola o mundo atualmente”. O parlamentar argumenta que a água fornecida ao comércio é a mesma que chega às residências, motivo pelo qual não há razão para cobrança maior sobre os empresários.

“Por que não auxiliar a classe do comércio em momento tão delicado? Cabe a esta Casa defender o bem comum, mas também vejo que cabe às empresas como a Odebrecht/BRK Ambiental entender o momento e auxiliar a população e seus respectivos comerciantes”.

De acordo com a tabela da estrutura tarifária disponível no site da BRK Ambiental, os comerciantes chegam a pagar até três vezes mais pela água que chega às torneiras dos estabelecimentos. Na faixa de consumo entre 21 e 30 m³, por exemplo, o comerciante paga R$ 6,42, enquanto o usuário residencial paga R$ 2,85.

“Faço esse apelo para que as tarifas de água do comércio de Sumaré sejam transformadas para o mesmo grau ou semelhante às tarifas residenciais, ao menos enquanto durar a pandemia, buscando, assim, auxiliar quem gera emprego em nosso município”, diz.

“Entendo que, de nenhuma forma, esta atitude possa causar impactos ou desiquilíbrio econômico para a empresa concessionária, pois não deixarão de receber por seus serviços. Buscamos apenas uma tarifa semelhante a residencial, tendo em vista que a mesma água que chega às torneiras de um comércio chega também aos relógios das residências. Se pensarmos de maneira lógica, com essa ajuda poderemos estender a mão para que mais comércios, principalmente os pequenos, não fechem suas portas. Até mesmo porque, porta fechada significa falta de emprego, falta de geração de renda e mais um relógio da Odebrecht/BRK Ambiental desligado”, finaliza o vereador.

Rodrigo Dorival Gomes propõe que doadores de sangue sejam incluídos na vacinação contra a covid-19

28/04/2021 (Quarta-feira)

Moção de apelo apresentada pelo vereador ao governo do estado de São Paulo objetiva reabastecer bancos de sangue, garantindo imunização de doadores

O vereador Rodrigo Dorival Gomes (Cidadania) apresentou moção de apelo ao governador do estado de São Paulo, na reunião ordinária da Câmara de Sumaré desta terça-feira (27). O documento, que requer a inclusão de doadores de sangue na classificação de prioridade para a vacinação contra a covid-19, recebeu 18 votos favoráveis dos parlamentares.

Na moção, o vereador explica que, diante da baixa significativa nos estoques dos bancos de sangue do estado, é importante incluir doadores cadastrados na categoria prioritária para imunização contra o coronavírus. “Temos acompanhado os apelos dos bancos de sangue de nosso estado, pois os estoques estão baixíssimos. Podemos dizer que a situação é desesperadora, mediante o atual cenário pandêmico que vivemos”, alerta.

Rodrigo Dorival lembra que muitos pacientes graves que contraíram o vírus também podem precisar de transfusão de sangue, o que agrava ainda mais a situação de escassez que se apresenta no estado de São Paulo. “É importante ressaltar também que o doador de sangue, ao tomar a vacina, deve ficar de 30 a 60 dias sem poder fazer novas doações. Então, por que não fazer o inverso? Incentivar mais pessoas a doarem sangue, abastecendo os bancos em todo o estado, e, então, torná-las aptas para a imunização contra a covid-19”, sugere o parlamentar.

O documento, após a aprovação no plenário virtual, deve ser enviado para o conhecimento do governador João Dória.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE