Willian cobra BRK por prejuízo de quase R$ 500 mil

O presidente da Câmara Municipal de Sumaré, vereador Willian Souza (PT), cobrou esclarecimentos sobre o suposto prejuízo financeiro alegado pela Odebrecht/BRK Ambiental, concessionária de água e esgoto de Sumaré. O parlamentar apresentou o requerimento nº 33/2021 na sessão desta terça-feira (22) e não descarta a abertura de uma CPI para investigar a empresa.

No documento aprovado por unanimidade na sessão, Willian cita reportagem publicada pelo jornal Todo Dia, no dia 20 de junho, com o título “BRK alega prejuízo de R$ 497 mil”. O requerimento aprovado pelos vereadores pede a cópia de inteiro teor de uma série de documentos da empresa, como a ata da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária que oficializa o prejuízo no balanço anual da empresa e do extrato financeiro referente ao exercício financeiro de 2020.

“Causa estranheza a divulgação de um relatório no órgão oficial e depois a justificativa da empresa de ter havido um erro nas informações contidas. Certamente, a partir de agora, vamos nos debruçar com muita atenção sobre esse assunto, estaremos com lupa em cima desse assunto. Inclusive anuncio publicamente que este vereador está seriamente pensando na possibilidade de abertura de uma CPI para investigar o caixa da empresa e de toda a gestão financeira”, declara Willian.

O presidente da Câmara ainda quer informações sobre os salários dos diretores da empresa. Conforme reportagem do jornal Todo Dia, a Ata da Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária da BRK publicada na edição do Diário Oficial Empresarial do Estado de São Paulo, em 17 de junho, fixava os salários da diretoria na casa dos R$ 50 mil. O mesmo relatório teria apontado o prejuízo de R$ 497 mil em 2020.

“Os altos salários e os gastos escusos podem estar criando um buraco sem tamanho dentro da empresa, com alto risco de comprometer um serviço cuja qualidade já é bastante questionável por parte da população”, finaliza o vereador.

SESSÃO

Ainda durante a 21ª sessão ordinária do ano, os vereadores aprovaram o requerimento nº 34/2021, também de autoria do presidente da Câmara, que indaga a empresa Rumo Logística sobre a evacuação de área ocupada na cidade.

Na reunião virtual foi divulgada também a licença do vereador Valdir de Oliveira (Republicanos), que assume a Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, e a posse do vereador Edgardo Cabral (Republicanos), que retorna à Câmara, após haver se classificado como suplente nas últimas eleições.

Os parlamentares aprovaram, em regime de urgência, o Projeto de Decreto Legislativo nº 7/2021, de autoria da Mesa Diretora, que solicita a concessão de licença a Henrique Stein Sciascio (Republicanos) do cargo de vice-prefeito para que possa assumir o cargo de deputado federal, na condição de suplente, enquanto durar a licença do deputado Milton Vieira (Republicanos).

A Câmara também aprovou, em segundo turno, a LDO para 2022, no montante de R$ 951.690.800,00.

MOÇÕES

Os vereadores aprovaram ainda a moção nº 230/2021, de autoria do vereador Silvio Coltro (PL), de congratulação ao Centro Espírita Luz de Oriente, localizado no bairro Jardim das Palmeiras, pelo trabalho desenvolvido nos campos filosófico e social; e moção nº 231/2021, de congratulação à Instituição Caluz pela posse da nova diretoria e pelo trabalho social com pessoas em situação de extrema vulnerabilidade, de autoria do mesmo vereador.

Também foram aprovadas a moção nº 232/2021, de autoria vereador Alan Leal (Patriota), que congratula os empreendedores Junior Francisco Batista e Denilson Batista, à frente do Shopping dos Animais; a moção nº 234/2021, de autoria do vereador Lucas Agostinho (DEM), em congratulação aos funcionários do Pronto Atendimento do CIS de Nova Veneza, pelos dois anos de atendimento, desde sua reinauguração em 2019; e a moção nº 235/2021, do vereador Willian Souza, de apoio a Diego Rocha de Carvalho Trevisan, ator, diretor e produtor audiovisual sumareense, que enfrenta um câncer linfático.

Outras duas moções foram apresentadas e aprovadas: moção nº236/2021, também de autoria do vereador Willian Souza, em congratulação à empresa Transval Transportadora pelo transporte dos pertences de famílias removidas de uma ocupação no São Judas; e a moção de pesar nº 233/2021, de autoria do vereador Silvio Coltro.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE