Whatsapp expulsa filho de Bolsonaro por fakenews

O recém-eleito senador pelo Rio de Janeiro com 4 milhões de votos, Flávio Bolsonaro, foi expulso do Whatsapp. A justificativa do aplicativo de mensagens pessoais para a expulsão foi a disseminação de fake news.

Nesta quarta-feira, o jornal Folha de S. Paulo denunciou um esquema de disseminação de mensagens falsas pelo Whatsapp com o objetivo de beneficiar a campanha do presidenciável Jair Bolsonaro, pai do senador fluminense.

???A perseguição não tem limites! Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido DO NADA, sem nenhuma explicação! Exijo uma resposta oficial da plataforma???, escreveu Flávio em seu Twitter.

Duas horas depois dessa postagem, Flávio amenizou o caso: ???Meu telefone, cujo WhatsApp foi bloqueado, é pessoal e nada tem a ver com uso por empresas. O WhatsApp informou que o bloqueio foi há dias, antes da Fake News da Foice de SP. Agora já foi desbloqueado, mas ainda sem explicação clara sobre o porquê da censura???.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE