Vigilância Estadual fiscaliza comércio em Nova Odessa

Agentes do CVS (Centro Estadual de Vigilância Sanitária) estiveram em Nova Odessa nesta terça-feira (28) para fiscalizar estabelecimentos comerciais e orientar comerciantes em relação às medidas implementadas pelo governador João Doria para controle da disseminação do novo coronavírus, conforme prevê o decreto 64.946, de 17 de abril de 2020, que estabelece quarentena no Estado até o dia 10 de maio.
As autoridades sanitárias estaduais foram recebidas pela diretora de Vigilância em Saúde novaodessense, Priscilla Amaral Rangel Belmonte, a coordenadora da Vigilância Sanitária, Renata Lacerda, a agente Maria Cristina Navarrete Coev e a assessora Priscila Peterlevitz.
As fiscais percorreram ruas e avenidas do comércio, conversaram com funcionários, gerentes e proprietários de estabelecimentos de caráter essencial, avaliaram medidas de distanciamento e higiene adotadas, como uso de máscaras, demarcação nas filas, para que seja respeitada distância de pelo menos um metro entre um consumidor e outro, e a disponibilização de álcool gel. “Foi uma ação de orientação”, afirmou Priscilla. 
Desde que a quarentena foi decretada em São Paulo, a Vigilância Sanitária de Nova Odessa notificou mais de 200 estabelecimentos comerciais. Um dia após a vigência do decreto, 40 bares e uma igreja foram fechados na cidade, numa ação que contou com apoio da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal.
No dia 1º de abril, uma área pública usada como clube de pesca não autorizado também foi fechada pela autoridade sanitária e guardas municipais. Pelo menos 100 pessoas estavam no ‘pesqueiro’ no momento da abordagem. No último dia 16, três bares foram lacrados por promoverem aglomeração e desrespeitarem a quarentena.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE