Vigilância ‘poda’ festa, alerta kartódromo e mais.

Agentes da Vigilância Sanitária – órgão vinculado à Secretaria de Saúde de Nova Odessa –  foram às ruas mais uma vez neste sábado (11), com apoio da Guarda Civil Municipal, fiscalizar estabelecimentos comerciais em desacordo com decreto estadual que permite o funcionamento de serviços considerados essenciais, coibir aglomerações em espaços públicos e conscientizar a população sobre a obrigatoriedade do uso da máscara facial contra a propagação do novo coronavírus. A equipe também esteve no Kartódromo Internacional de Nova Odessa, onde, na semana passada, foi realizada uma corrida sem autorização que terminou, inclusive, com disparos de arma de fogo.
A intensificação na fiscalização foi uma determinação do prefeito Benjamim Bill Vieira de Souza, que se reuniu com os secretários de Saúde (Vanderlei Cocato), Governo (Eduardo Gazzetta) e Esportes (Josias Queiroz), além da diretora da Vigilância em Saúde (Priscila Rangel Belmonte), da coordenadora da Vigilância Epidemiológica (Paula Mestriner) e do diretor da Guarda Municipal (Nilton Cesar Alves).
O trabalho teve início pelo Kartódromo Internacional. No último final de semana, o espaço foi palco de uma corrida clandestina e o caso foi parar na Polícia Civil após um desentendimento entre pilotos terminar em disparos de arma de fogo. Neste sábado, no entanto, nenhuma movimentação foi registrada no local, onde os agentes conversaram com as proprietárias do estabelecimento. Na sequência, a equipe se dirigiu ao Residencial Terra Nova após receber uma denúncia e colocou fim a uma confraternização que reunia mais de 20 pessoas em uma área de lazer. O proprietário do espaço será notificado.
A fiscalização também foi realizada em supermercados, onde os agentes verificaram o uso de máscara por clientes e funcionários, a limpeza em carrinhos e cestas utilizadas para compras e também aglomeração dentro dos estabelecimentos. Na sequência, o trabalho foi realizado na região central, onde 18 estabelecimentos foram fiscalizados em pouco mais de 1h30, sendo que cinco deles estavam funcionando em desacordo com o decreto estadual, receberam um termo de ciência e tiveram que fechar as portas. Ao longo de toda a fiscalização, os agentes também abordaram moradores que não faziam uso de máscara. Eles foram orientados e receberam o acessório imediatamente.
“Essa intensificação na fiscalização vai continuar ao longo dos próximos dias. Iremos, junto com a Secretaria de Esportes e com a Guarda Municipal, coibir as aglomerações em praças e espaços públicos ainda neste sábado e no domingo também. Ao longo da próxima semana, o trabalho terá sequência, inclusive, com a fiscalização noturna em toda a cidade. Importante ressaltar que nossos agentes estão todos os dias nas ruas coibindo as irregularidades, notificando comerciantes em desacordo com o decreto estadual, orientando a população sobre o uso de máscara e colocando fim em confraternizações, algo absurdo em virtude do cenário atual, com aumento de casos e mortes provocadas pela Covid-19”, disse a diretora da Vigilância em Saúde, Priscila Rangel. Também participaram da fiscalização as agentes Andreia Cassimiro e Alcione Rodrigues.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE