Vigilância de Nova Odessa informa 3 óbitos por Covid

A Secretaria da Saúde de Nova Odessa informou nesta terça-feira (20) o registro oficial de mais três mortes de moradores da cidade por complicações ocasionadas pela infecção pelo novo coronavírus. A Vigilância Epidemiológica contabiliza a marca de 134 óbitos pela Covid-19 desde o início da pandemia, há 13 meses.

De acordo com a Administração Municipal, novamente o número inclui casos “represados” e que aguardavam, desde o último dia 21 de março, resultados de exames laboratoriais realizados pelo Instituto Adolfo Lutz – laboratório de referência para a Saúde Pública no Estado.

Segundo o Boletim Diário, a 132ª vítima fatal do vírus na cidade foi um idoso de 76 anos. Ele faleceu na ala respiratória do Hospital e Maternidade de Nova Odessa no dia 21 de março. Os outros dois falecimentos ocorreram no dia 16 e 17 de abril, vitimando duas idosas, de 63 e 86 anos. Elas estavam internadas em um hospital de Campinas e na UR (Unidade Respiratória) do Jardim Alvorada, respectivamente.

Segundo os dados apurados e divulgados pela Vigilância Epidemiológica, o município confirmou mais um caso positivo do novo coronavírus nas últimas 24h, elevando para 3.498 o total de pacientes infectados desde o início da pandemia. No momento, 496 casos “suspeitos” seguem em investigação, incluindo nove óbitos suspeitos – todos aguardando resultados de exames.

Ao todo, 3.060 moradores da cidade que foram positivados em algum momento já são considerados curados da doença (87,4% do total). É importante ressaltar que os casos ou óbitos positivos para Covid-19, ou os pacientes “suspeitos” que são negativados, só entram no boletim diário da Vigilância Epidemiológica após os resultados dos exames laboratoriais realizados pelo Instituto Adolfo Lutz (o que podem levar vários dias ou semanas), conforme regras oficiais da área para todos os municípios.

Leitos

Em relação ao número de leitos respiratórios ocupados por moradores de Nova Odessa, o total segue estável. Na terça-feira, oito pacientes seguiam internados na Unidade Respiratória do Jardim Alvorada, outros oito na nova ala respiratória do Hospital e Maternidade Municipal e 24 em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em hospitais de referência públicos ou privados de outras cidades da região.

Como a pandemia de Covid-19 segue avançando em todo o país, a Secretaria Municipal de Saúde de Nova Odessa destaca sempre a importância do uso contínuo de máscaras por todos, da higienização constante das mãos com água e sabão ou o uso do álcool em gel a 70% e de se manter o distanciamento social, evitando aglomerações a todo custo, como formas de combater a disseminação do novo coronavírus.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE