Edit

Videomonitoramento da Gama flagra veículo adulterado

O sistema de videomonitoramento da Guarda Municipal de Americana foi muito importante no atendimento de uma ocorrência  de receptação e adulteração de veículo na noite desta quarta-feira (3/7). Quando o veículo Fiat Toro trafegava pela Avenida da Saudade e pela Rua Maestro Silvio Bianchi, no bairro Cordenonsi, as câmeras captaram imagens da placa, que constava no cadastro como a de um automóvel clonado.

De imediato, uma equipe da Romu (Rondas Ostensivas Municipais) iniciou buscas nas proximidades e avistaram o veículo na Avenida da Saudade. O condutor foi abordado e revistado, mas nada de ilícito foi encontrado com ele ou no interior do automóvel. Porém, durante averiguação da numeração dos chassis foram encontrados sinais de uma possível adulteração. Com pesquisas mais específicas, os patrulheiros constataram que se tratava de um veículo furtado na cidade de Limeira, em 16 de junho deste ano. Durante a ação policial, o motorista A.F.I., de 42 anos, relatou que havia comprado o veículo em uma feira de automóveis em Indaiatuba pelo valor de R$ 20 mil.  Após ser apresentado à Polícia Judiciária, o motorista foi encaminhado à Cadeia Pública de Sumaré e o carro recolhido ao pátio municipal.

A Gama conta com uma sala de videomonitoramento, com câmeras instaladas em pontos estratégicos da cidade. As imagens são transmitidas em tempo real para a Central, onde profissionais as analisam e, se necessário, destacam viaturas para o local onde está sendo praticado algum delito. Além dos flagrantes, as câmeras auxiliam na identificação de criminosos que conseguiram fugir antes de serem flagrados. ” O sistema de videomonitoramento conta com 17 câmeras fixas OCR (Optical Character Recognition – Reconhecimento ??ptico de Caracteres) para identificação de placas de veículos em pontos estratégicos da cidade. E tem se mostrado uma ferramenta bastante importante na nossa luta diária contra a criminalidade”, enfatizou o comandante da Guarda Municipal, Marcos Guilherme.

A ocorrência contou com o trabalho da equipe da Romu: GCMs Queiroz, Nelson e  J. Eduardo, com apoio operacional do subinspetor Camargo e do GCM Beraldo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE