Vídeo: as 5 viradas mais incríveis na história da Liga dos Campeões

Depois de um jogo surpreendente, com uma virada histórica, muita gente já se perguntou: qual era a chance disso acontecer? Pois os especialistas da Betfair.net calcularam exatamente qual era a probabilidade de algumas das viradas mais incríveis da história da Liga dos Campeões se tornarem realidade ANTES que elas ocorressem – confira a lista e o vídeo!

(LINK PARA O VÍDEO: https://youtu.be/Yvh0i9b4T_A)

 

5. AJAX x TOTTENHAM: Hat-trick de Lucas Moura em noite inesquecível dos Spurs

Semifinal, 2019 – partida de volta

Chance de virada: 2%

O jovem time do Ajax teve uma performance realmente memorável para chegar às semifinais da Champions League em 2019, surpreendendo até Cristiano Ronaldo e a Juventus na rodada anterior. Na sequência, saíram na frente por um lugar na final contra o Tottenham após os gols de Matthijs de Ligt e Hakim Ziyech lhe darem conforto de 3×0 na soma de resultados com o 1×0 conseguido na primeira partida em Londres.

Aos 9 minutos do segundo tempo, o Tottenham precisava fazer três gols na casa do Ajax para passar à final. A probabilidade disso acontecer, segundo a Betfair.net, era de 2%.

Qualquer jogador pode olhar para trás em busca de uma partida em sua carreira onde tudo correu com perfeição, onde tudo estava em seu lugar quando necessário. Para Lucas Moura, esse foi o jogo. Substituindo o lesionado Harry Kane, ele marcou dois gols no segundo tempo em apenas cinco minutos, e num final emocionante onde ambos os times tiveram boas chances para marcar, ele anotou o terceiro gol do clube inglês no sexto minuto de prorrogação, com uma bela finalização para guiar os Spurs até a final – contra todas as probabilidades.

 

4. LIVERPOOL X AC MILAN: Gerrard traz o troféu para casa

Final, 2005

Chance de virada: 1%

Essa é provavelmente a mais famosa virada na Liga dos Campeões, embora não tenha sido a que causou a maior surpresa em termos de probabilidades.

Na grande final de 2005, o Milan saiu na frente por 3×0 ainda no primeiro tempo, por cortesia de Paolo Maldini e um bis de Hernan Crespo. Harry Kewell, que foi surpresa na escalação inicial do Liverpool, foi forçado a abandonar o gramado apenas aos 23 minutos, dando lugar a Vladimir Smicer. A chance de uma virada, de acordo com a Betfair.net, era de 1%.

Steven Gerrard marcou um raro gol de cabeça no início do segundo tempo, para manter os espectadores neutros interessados, e Smicer marcou o segundo de fora da área. Gerrard continuava ameaçando o Milan, e acabou derrubado dentro da área. A classe de Xabi Alonso fez o resto – embora o goleiro ainda tenha defendido a cobrança antes do espanhol ser mais rápido e tocar o rebote para dentro, confirmando o improvável 3×3.

Ainda houve muitas chances de gols para os dois times até ao final do tempo regular e prorrogação, mas a partida foi para os pênaltis. Jerzy Dudek fez duas defesas e Serginho chutou por cima do gol. No Liverpool apenas John Arne Riise perdeu, e assim eles completaram uma virada memorável, que será sempre lembrada como “o milagre de Istambul”.

 

3. ROMA x BARCELONA: Roma renasce de suas ruínas

Quartas de Final, 2018 – Partida de Volta

Chance de virada: 0,5%

Viradas memoráveis nem sempre são a favor do Barcelona. Em 2018, foram eles que chegaram na partida de volta com uma grande vantagem de 4×1, e acabaram deixando o gramado imaginando o que lhes teria acontecido no final da eliminatória. A probabilidade da Roma se classificar, segundo a Betfair.net, era de 0,5%.

Mas Edin Dzeko marcou o primeiro gol do time italiano e acabou colaborando para o segundo, quando foi derrubado dentro da área por Gerard Pique. Daniele de Rossi, que não marcava um gol na Champions League há três anos, não vacilou e converteu. Assim, o Barça se via sob grande pressão, mas talvez poucos ainda acreditassem que eles realmente iriam acabar levando um terceiro gol perto do fim.

Mas um belo escanteio teve como destino a cabeça do zagueiro Kostas Manolas, que mandou a bola para a rede, causando uma correria da equipe técnica para dentro do campo, o choro dos torcedores nas arquibancadas e a conta de Twitter da Roma a entrar em colapso.

 

2. BARCELONA x PSG – Milagre de um barça inspirado por Neymar

Oitavas de Final, 2017 – Partida de Volta

Chance de virada: 0,2%

O PSG tinha aberto uma enorme vantagem rumo à classificação para as quartas de final após uma memorável vitória em casa por 4×0 na partida de ida, porém desprezar as chances de um time com jogadores como Andrés Iniesta, Lionel Messi, Neymar e Luis Suárez é sempre arriscado.

Suárez abriu o placar, Layvin Kurzawa marcou um gol contra e Messi adicionou mais um de pênalti após Neymar ser derrubado. Edinson Cavani, que marcou na partida de ida, conseguiu um crucial gol fora com menos de trinta minutos para o final, o que fazia o Barça precisar de mais três gols.

Nesse momento, a probabilidade de classificação do Barça, segundo a Betfair.net, era de apenas 0,2%.

Mas Neymar seguia acreditando. Ele marcou de falta aos 43 do segundo tempo, roubou a bola ao Messi para bater ele mesmo o pênalti no primeiro minutos dos acréscimos e ainda encontrou energia para criar o cruzamento aos 50 minutos, que Sergi Roberto transformaria em gol com uma cabeçada certeira.

 

1. DORTMUND x MÁLAGA – Os heróis improváveis no Dortmund de Klopp

Semifinal 2013 – Partida de Volta

Chance de virada: 0,1%

Seu time está perdendo por 2×1, em casa, para o Málaga, e entra nos acréscimos precisando de dois gols para se classificar após o empate de 0x0 no jogo de ida. Qual seria a chance de conseguir a vaga para a final da Champions League de 2013? Os analistas da Betfair.net respondem: era de 0,1%!!

Com gols da lenda do Betis Joaquin (então no Málaga) e do português Eliseu, que colocavam o clube espanhol em vantagem, e um gol do atual artilheiro da Champions League Robert Lewandowski, agora no Bayern, as coisas estavam bem difíceis para o Dortmund.

O clube alemão, na época comandado por um certo Jurgen Klopp, parecia estar se despedindo de uma impressionante campanha onde haviam jogado aquele tipo de futebol rápido e ofensivo que pode ser visto no Liverpool nos últimos dois ou três anos.

Mas Marco Reus pensava diferente, e aproveitando uma bola perdida que caiu em seus pés renovou as esperanças do Dortmund. E se nessa jogada o time contou com a sorte, então o seguinte seria bem diferente.

Um juiz de linha da era pré-VAR não conseguiu ver a posição irregular de vários jogadores do Dortmund que estariam impedidos na construção da jogada da virada, e que acabaria convertido por Felipe Santana. Também ele parecia impedido quando finalmente atirou bem perto do gol do Málaga. De partir o coração dos espanhóis, e delírio para o Dortmund, com uma enorme festa para aqueles que acreditaram nos alemães contra todas as probabilidades.

Confira o vídeo: https://youtu.be/Yvh0i9b4T_A 

 

TEMPORADA 2019-2020: quem será o campeão?

Veja abaixo as probabilidades de cada equipe que disputa as quartas de final da Liga dos Campeões 2019-2020 tornar-se campeão, de acordo com a Betfair.net:

Manchester City – 30%

Bayern de Munique – 23%

PSG – 16%

Barcelona – 10%

Atlético de Madrid – 10%

Atalanta – 6%

RB Leipzig – 5%

Lyon – 2%

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE