Via Crucis terá ‘Olhar de Maria de Nazaré’

Os espectadores que se dirigirem ao Centro Social Urbano nas noites de apresentação da 20ª edição do Espetáculo Via Crucis serão guiados à encenação pela perspectiva de uma figura central na vida de Jesus: sua mãe, Maria de Nazaré, será a grande responsável por apresentar à plateia os principais momentos da história da peça. O prólogo, com referência ao Livro de Gênesis, será outro destaque da edição comemorativa da montagem barbarense, que conta com mais de 200 atores. 
  Para o dramaturgo Denis Espanhol, a emoção está garantida na nova versão do texto. Autor da encenação pelo segundo ano consecutivo, ele comenta que a relação de Maria e Jesus e seus sacrifícios pessoais para levar adiante sua missão na Terra despertarão o sentimento de reflexão.
“Escrever foi uma experiência desafiadora porque é importante, principalmente por se tratar de uma nova história, que ela seja recontada através de uma nova visão, com novas cenas e detalhes. Em 2016, testemunhamos o poder da narrativa feminina na figura de Maria Madalena. Este ano resolvemos dar novamente crédito à visão feminina, mas através de Maria de Nazaré, que trará o vigor de uma mãe que não tem escolha a não ser assistir o sacrifício do próprio filho, o que promete uma força narrativa tremenda”, destacou.
Para quem pensa que a composição da dramaturgia é tarefa simples, Denis lembra que os preparativos começam muito antes de os atores entrarem em cena para os ensaios. A primeira reunião para tratar do tema foi realizada em setembro de 2016, quando o dramaturgo e o diretor artístico da peça, Otávio Delaneza, conversaram sobre os rumos da 20ª edição. Após as definições iniciais, Denis partiu para a etapa das pesquisas, que teve como ponto de partida a Bíblia do Peregrino e a história de Maria de Nazaré.
O texto, concluído em novembro, trará ainda uma passagem do Gênesis, apresentada no prólogo do espetáculo, que promete surpreender a plateia. Denis conta que ela foi escolhida para dar mais luz à missão de Jesus na Terra. “Conta a tradição cristã que o pecado entrou no mundo através de Adão e Eva e é por esse motivo que Deus precisa enviar seu filho para ser sacrificado como um cordeiro, para lavar a mancha do pecado original. Esta importância faz com que Jesus seja considerado o novo Adão e Maria a nova Eva”, simboliza. Mudanças também estarão presentes nas passagens do temido Satanás, que todos os anos ganha uma nova personificação. ???As cenas da tentação no deserto e no Jardim do Getsêmani devem chamar muita atenção dos espectadores???, aposta o autor. As apresentações da 20ª edição do Espetáculo Via Crucis serão realizadas de 9 a 16 de abril, no Centro Social Urbano, sempre às 20 horas, com entrada franca. No sábado, 8 de abril, será realizada a pré-estreia, voltada à imprensa, autoridades, patrocinadores e convidados.
O Espetáculo Via Crucis é uma realização do Ministério da Cultura, Governo do Estado de São Paulo, Prefeitura de Santa Bárbara d’Oeste e Via Cultura, com patrocínio dos Supermercados Pague Menos, apoio Broto Legal, Cofaco, Cimentolit, EPTV, Grupo Liberal de Comunicação e produção cultural 3marias. 
Site: www.espetaculoviacrucis.com.br

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE