Ver.s rejeitam projeto de Câmara Menor

Do TodoDia- Dos 19 parlamentares de Americana, dez se posicionam contra o projeto de lei que pretende reduzir o número de vereadores no Legislativo. Protocolado no último dia 15 pelo vereador Welington Rezende (PRP), com assinatura conjunta dos colegas Geraldo Fanali (PRP), Juninho Dias (MDB) e Marschelo Meche (PSDB), a proposta de emenda à LOM (Lei Orgânica do Município) pretende reduzir de 19 para 15 o número de vereadores a partir da próxima legislatura (2021 a 2024).
PROMOTOR CRITICA REZENDE E QUER REDU????O DE ASSESSORES
Os 19 vereadores foram ouvidos pelo TODODIA, a respeito do projeto, que ainda está parado porque ainda não possui as sete assinaturas necessárias, segundo o Regimento Interno, para tramitar por todas as comissões da Câmara. Com quatro autores e apenas um vereador ??? Rafael Macris (PSDB) ??? disposto a assinar, é grande a chance de a iniciativa não sair do papel.
Pela Constituição Federal, Americana comporta de 13 a 21 vereadores, uma vez que o cálculo do número de parlamentares tem como base a população da cidade. Vagner Malheiros (PDT) disse que é favorável à redução do número de cadeiras e afirmou que, se o projeto fosse a plenário, teria seu voto favorável. Porém, o vereador não pretende assinar a proposta para permitir sua tramitação.
Já Macris (PSDB) tem outro entendimento. ???Não teria problema nenhum em assinar, se me fosse solicitado???, declarou.
Três vereadores ainda estão indecisos sobre a propositura. Para Thiago Martins (PV), o projeto foi apresentado em ???momento errado???, já que o assunto tinha sido debatido em 2018 entre os parlamentares. ???Eu sou a favor de discutir no último ano porque (a redução) não é para esta legislatura???.
Marco Kim Jorge (MDB), disse que pretende se inteirar dos termos e argumentos do projeto, para somente então se manifestar. Já o vereador Léo da Padaria (PCdoB) disse que só fala quando o projeto estiver na pauta.
Wellington Rezende, principal incentivador da proposta, garantiu que vai buscar os apoios necessários para transformar o projeto em lei. ???Esse é um projeto necessário, não vejo qual é a dificuldade. As pessoas dizem que vai retirar a representatividade, mas não, vamos melhorar a qualidade da representatividade???, declarou. Ele disse que ainda não conversou com seus colegas de Câmara para pedir o apoio necessário à tramitação da proposta.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE