Ver.s de olho no busão e no pancadão

A vereadora Judith Batista (PDT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações sobre as alterações de linhas, atrasos, ônibus lotados e falhas no sistema de integração no transporte coletivo da cidade.
De acordo com a parlamentar, usuários do sistema de transporte a procuraram para reclamar sobre as alterações de linhas ocorridas desde o último dia 28 de abril. ???Essa mudança vem causando vários transtornos aos moradores como atrasos, ônibus lotados e falhas no sistema de integração???, aponta.
???As pessoas estão reclamando que, ao chegar ao terminal central, os passageiros devem desembarcar e embarcar em outro ônibus para concluir o trajeto. Esse problema vem desagradando e causando muitos transtornos???, afirma Judith.
No requerimento, a parlamentar pergunta à Administração se o sistema de integração está funcionando como o previsto, se existe previsão para solucionar os problemas e se todos os itinerários que eram diretos sofreram alterações. O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em Plenário, na sessão ordinária de quinta-feira (10).

O vereador Professor Padre Sergio (PT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um requerimento em que pede informações e providências ao Poder Executivo sobre evento realizado em estabelecimento comercial situado na Avenida Cândido Portinari, em frente à Praça Vinícius de Moraes, no Antônio Zanaga I, popularmente conhecido como ???Pancadão do Zanaga???
De acordo com o parlamentar, o estabelecimento fica localizado a 50 metros da Unidade Básica de Saúde do bairro e tem sido alvo de denúncias de pacientes do posto médico e moradores do entorno por perturbação do sossego.  ???Os frequentadores ligam o som alto de seus veículos e fazem algazarra e bagunça, acompanhada de gritaria, principalmente entre os horários das 21h às 2h da manhã, fora a suspeita de indicio do consumo de drogas e bebidas por menores de idade, segundo depoimentos dos residentes???, afirma Padre Sergio.
No requerimento, o vereador pergunta se a prefeitura tem conhecimento do problema, qual o órgão que fiscaliza as atividades noturnas da área e quantas multas já foram aplicadas por poluição sonora em Americana.
Questiona, ainda, quais providências o Poder Executivo tomará sobre o assunto e quais as medidas a serem adotadas para suprir a carência de locais e ações voltadas ao incentivo de atividades lúdicas e de cunho musical. O requerimento será discutido e votado pelos vereadores em Plenário, na sessão ordinária de quinta-feira (10).
 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE