Ver.s adiam votação de dois projetos em SB

Os vereadores adiaram a votação de dois projetos e aprovaram três moções durante a 7ª Reunião Ordinária, promovida nesta terça-feira (3), no Plenário Dr. Tancredo Neves. Inicialmente, a pedido do vereador Fabiano Ruiz Martinez, o Pinguim (PV), foi adiada a votação do Projeto de Lei Complementar 31/2014, de autoria do vereador Giovanni Bonfim, que dá nova redação ao Art. 42 da Lei Complementar nº 50/2009. Essa proposta, que conta com emenda substitutiva do próprio autor, trata da revisão das tarifas do Serviço Público de Transporte Coletivo Urbano.

Em seguida, foi adiada a votação do Projeto de Lei 09/2015, de autoria do vereador Carlos Fontes (PSD), que acrescenta o parágrafo 3º ao artigo 6º da Lei Municipal nº 1.649, de 30 de dezembro de 1985. O objetivo do projeto é proibir a fixação da tarifa de esgoto no valor equivalente à entrada de água tratada em cada unidade imobiliária de cobrança, enquanto o Município não tratar integralmente o esgoto produzido.
Entre as moções, a primeira a ser votada, por unanimidade, foi a Moção 42/2015, de autoria do vereador Emerson Luis Grippe, o Bebeto (SD), que manifesta apelo ao Poder Executivo e aos ??rgãos Competentes quanto à necessidade de arborização no Conjunto Habitacional Roberto Romano.
De autoria do vereador Antonio Carlos Ribeiro, o Carlão Motorista (PDT), foi aprovada a Moção 43/2015, que manifesta apelo à Secretaria dos Direitos das Pessoas com Deficiência do Governo do Estado de São Paulo, quanto à liberação de recursos para a implantação de academias adaptadas no município.
Por fim, também de autoria do vereador Carlão Motorista, foi aprovada a Moção 44/2015m que manifesta apelo à superintendência do Banco do Brasil, quanto à instalação de uma agência bancária no bairro Jardim Europa.
Antes do início da sessão, o presidente da Câmara, o vereador Edison Carlos Bortolucci Júnior, o Juca (PSDB), promoveu a abertura da exposição itinerante ???Paixão em Cena???, organizada pela equipe de produção do espetáculo Via Crucis. Essa mostra, que ficará aberta ao público, na sede do Legislativo, até o dia 10 de março, conta com 18 imagens em diversas passagens da encenação ao longo dos anos.
Além da abertura da exposição, o coordenador do projeto, Almir Pugina, fez uso da Tribuna Livre para falar sobre os trabalhos desenvolvidos neste ano, quando o Via Crucis completa 18 anos no Município. Em 2015, a encenação será realizada em cinco noites consecutivas, de 1º a 5 de abril, às 20 horas, no Centro Social Urbano, com entrada gratuita. O secretário municipal de Cultura, Eide Froner, também participou do evento.
Ainda durante a sessão, os parlamentares respeitaram um minuto de silêncio em homenagem ao cantor sertanejo José Rico, morto nesta terça-feira, aos 68 anos, na cidade de Americana. No início dos anos 70, ao lado do cantor Milionário, ele formou uma das duplas sertanejas mais famosas do País.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE