Vereadores pressionam por verba na Saúde de Nova Odessa

O presidente da Câmara de Nova Odessa, Elvis Ricardo Garcia, o Pelé (PSDB), e o vereador Sebastião Gomes dos Santos, o Tiãozinho (PSDB), estiveram em Brasília na quinta-feira (18). Ambos acompanharam uma comitiva da RMC (Região Metropolitana de Campinas) e pressionam o prefeito Cláudio Schooder, o Leitinho (PSD), para usar um recurso de R$ 750 mil que estaria ‘parado’ nos caixas para o combate ao Covid-19.

Pelé e Tiãozinho foram até o Ministério da Saúde, do Governo Federal, com recursos próprios. “A Câmara Municipal (de Nova Odessa) não paga esse tipo de viagem”, frisou Pelé. O presidente do Poder Legislativo disse que recebeu a informação de que a verba está no caixa da Prefeitura. “Pode ser usado com o advento do Covid-19”, destaca.

“Com todo esse problema do coronavírus, viemos em busca de alguma solução. Ou pelo menos ajudar o nosso município”, reforça Pelé. O presidente da Câmara garante que vai solicitar ao Poder Executivo que utilize o dinheiro. “Vamos passar a acompanhar, para que o prefeito possa utilizar esse recurso no enfrentamento da pandemia”, completa.

Presidente da Comissão de Saúde e Promoção Social da Câmara, Tiãozinho citou que “foi muito produtiva” a reunião em Brasília. “Esse dinheiro parado tem que ser usado. Pode comprar respirador que está faltando no nosso hospital”, aponta. O vereador afirmou que vai trabalhar em conjunto da Prefeitura para a cidade ter leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE