Vereadores ainda não conseguem fazer agenda

Uma semana é a privatização do DAE, na outra os erros no sistema dos ônibus. E os vereadores penam para ter uma agenda própria para pensar, projetar ou ajudar a cidade.
Poucos lances saem do mais do mesmo. Talvez o maior destaque seja Rafael Macris (PSDB), que apresentou projetos para segurança e saúde, com ‘pegada’ e viés popular. Thiago Martins (PV) ao pular de cabeça na piscina do Pq da Liberdade também acertou.
Em geral, a agenda é a da micro política (buraco em rua, vazamentos e vagas em creche). Pretensa maior opositora ao governo, Giovana Fortunato (PCdoB) não consegue se desvencilhar de uma agenda negativa- críticas, denúncias e ‘fiscalização’.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE