Vereadora do PSol executada no Rio

Marielle Franco (PSOL), de 38 anos, foi assassinada na rua Joaquim Palhares, no Estácio. O motorista Anderson Gomes, que estava com ela, também foi morto. Marielle tinha acabado de sair de um evento na Lapa. A suspeita é de execução. A Executiva Nacional do PSOL se manifestou exigindo a ‘apuração imediata e rigorosa desse crime hediondo’.
A parlamentar do PSOL tinha 38 anos e foi assassinada na noite desta quarta-feira na região central do Rio de Janeiro. A principal suspeita é de execução. Mãe de uma filha, ela nasceu no Complexo da Maré e se dedicava à luta por direitos humanos.
Marielle Franco nasceu no Complexo da Maré, era socióloga e foi a 5° vereadora mais votada da Câmara do Rio. Entrou na militância política após perder uma amiga por bala perdida.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE