Vereador quer “xepa” e punição pra quem escolher marca de vacina

A ampliação da campanha de vacinação contra Covid-19 trouxe à tona algumas práticas que motivaram proposituras na Câmara de Nova Odessa, assinadas pelo vereador Levi Tosta, o Levi da Farmácia. Em requerimento protocolado na Casa, Levi faz alguns questionamentos sobre a chamada “xepa” da vacina. Em outro documento, Levi indica que a prefeitura adote ação semelhante ao que foi feito em outras cidades, que estão deixando no fim da fila aqueles que tentam “escolher” a marca do imunizante, os chamados “sommeliers de vacina”.

“Está sendo amplamente divulgado que todas as vacinas são eficazes e não há o menor sentindo em querer escolher vacina. Todos devem tomar os imunizantes de acordo com a disponibilidade de cada região”, afirmou o vereador.

Levi cita como exemplo de cidades que adotaram medidas “punitivas” para quem tenta escolher o imunizante, entre elas São Bernardo do Campo. “Nestas cidades, a pessoa que se recusar a tomar vacina contra a Covid-19 disponível, terá que assinar um termo de responsabilidade que a coloca automaticamente no fim da fila de vacinação”, disse Levi. O vereador fez uma indicação para sugerir que a Prefeitura de Nova Odessa faça o mesmo.

 

XEPA – Por meio de requerimento, Levi cobra posicionamento da prefeitura sobre as providências adotadas para evitar o desperdício de doses da vacina contra a Covid-19.

Ele cita cidades da região que estão adotando a chamada “xepa” da vacina, com a distribuição das doses remanescentes. “Essas doses devem ser aplicadas conforme prazo de validade e somente em pessoas dos grupos prioritários previstos no Plano de Operacionalização da Vacinação do Ministério da Saúde. Na urgência do vencimento e ausência de pessoas com essas características, as doses podem ser aplicadas nos mais jovens, com ou sem comorbidades”, explicou.

Segundo o vereador, os municípios têm autonomia para distribuir as vacinas que sobram de forma que for mais conveniente para a sua localidade. Podem convocar pessoas por chamada telefônica ou aplicar em quem estiver de prontidão nos postos

Diante disso, Levi questiona qual procedimento está sendo adotado com as sobras de vacinas em Nova Odessa, quantas pessoas já foram convocadas para tomar a vacina na chamada “xepa de vacinação” e qual procedimento ou classificação a Secretária de Saúde está adotando para convocar essas pessoas.

 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE