Vereador quer proibir embutidos na merenda

O vereador Professor Padre Sergio (PT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um projeto de lei em que propõe a proibição do fornecimento de alimentos embutidos como salsichas, linguiças, salames e mortadelas na merenda escolar da rede pública municipal de ensino.
De acordo com o parlamentar o objetivo é proteger a saúde dos alunos, vedando a inclusão na merenda de alimentos processados que aumentam os níveis de colesterol, triglicérides e sal no organismo.
???A Organização Mundial de Saúde alerta para a existência de muitas denúncias de incorporação de substâncias tóxicas e cancerígenas, como nitrito e nitratos de sódio e potássio, nestes alimentos, cheios de agentes químicos conservantes, aromatizantes e antioxidantes???, aponta.
Ainda segundo Padre Sergio, é necessário promover uma alimentação de qualidade e hábitos alimentares saudáveis para crianças e adolescentes. ???O consumo em excesso desses alimentos representa muitos riscos. Os mais graves afetam crianças, que podem desenvolver obesidade infantil, reduzindo a expectativa de vida e aumentando a incidência de doenças coronárias, diabetes, entre outras associadas ao sobrepeso. A dieta na infância traça o hábito da fase adulta, que somente pode ser modificado por meio de longa e insistente reeducação alimentar???, acrescenta.
O projeto prevê ainda que o Poder Executivo deverá promover campanha de conscientização junto à comunidade escolar, com a finalidade de alertar para os males à saúde ocasionados pela ingestão de embutidos, com o objetivo de desaconselhar o consumo na rotina alimentar de crianças, adolescentes e jovens.
O projeto de lei será encaminhado às comissões pertinentes e, não havendo impedimento legal para tramitação, será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante sessão ordinária.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE