Edit

Vereador pede fim da ‘ditadura do PSDB’ na Alesp

O vereador Cabo Natal (Avante), de Nova Odessa, usou as redes sociais neste domingo (14) para demonstrar apoio público ao deputado estadual Major Mecca (PSL), que concorre à Presidência da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo). A escolha do sucessor de Cauê Macris (PSDB) ocorre nesta segunda, dia 15, por voto dos próprios 94 deputados.

Desde 2017 Cauê é o presidente, emendando dois mandatos. “Teremos uma grande oportunidade de tirar o PSDB da frente do Estado de São Paulo por mais de 26 anos”, escreveu Cabo Natal, na postagem. “Basta! O povo não aguenta mais essa ditadura no nosso Estado”, disparou. O vereador pediu que a população solicite apoio de seus deputados para ajudar Mecca.

“O major é uma pessoa comprometida, honesta e que está ao lado do povo paulista”, acrescentou Natal. Mecca tem buscado somar aliados para ser o contraponto ao governador João Doria (PSDB) na Alesp, onde tem havido o respaldo total de Cauê Macris. Seja na colocação em pauta de projetos do interesse do governador ou em barrar pedidos de impeachment.

A disputa não é apenas pela presidência, mas os demais integrantes da Mesa Diretora, por envolver a nomeação de cargos comissionados. Cauê contou com apoio de setores do PT, na figura de Ênio Tatto (1º secretário). A candidatura de Carlão Pignatari (PSDB), líder de Doria na Alesp e favorito a vencer, significa a manutenção da dobradinha PSDB/PT no comando.

Pignatari responde a pelo menos quatro processos na Justiça por improbidade administrativa e, em dois deles, já foi condenado à perda do mandato e dos direitos políticos. O tucano recorreu das sentenças e, num processo em que o desfecho estava prestes a retirá-lo do cargo, negociou um acordo com o Ministério Público de São Paulo.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE