Vereador consegue se eleger prefeito?

Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e Nova Odessa tiveram apenas um vereador que ‘pulou’ da Câmara para a prefeitura neste século.
E poucos foram os vereadores que tentaram ser candidatos a prefeito. Vereadores-vices foram mais comuns neste século. 
Em Americana, tirando o único vereador que virou prefeito- Diego De Nadai em 2008- os demais prefeitos eleitos este século não disputaram outra eleição que a de prefeito.
Este ano, pelo menos um vereador deve tentar repetir o feito de Diego de oito anos atrás em Americana.
Em Santa Bárbara d’Oeste, onde o atual vice-prefeito saiu da Câmara, dois nomes se posicionam com mais força, mas correm o risco de serem ‘engolidos’ pelo ex-prefeito Mário Heins (SD).
Candidato a deputado federal em 2014 e mais votado da cidade, Fabiano Pinguim ainda precisa definir sua saída do PV e ida para o DEM. Giovanni Bonfim (PDT) tem um partido e um bom vice, mas precisa agregar ao time.
Em Sumaré, o cenário de incerteza da prefeita Cristina Carrara (PSDB), o baixo controle da Câmara e os sonhos de muitos vereadores devem confluir para uma ou mais candidaturas de vereadores.
Já para Nova Odessa, a corrida ficou em stand by desde o ensaio de retorno do ex-prefeito Manoel Samartin (PDT). O nome sempre apontado como concorrente é o do ‘1o inimigo’ do prefeito Bill Leitinho Schoder (PDT). 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE