Ver. reclama falta de bolsas para ostomizados

Em resposta ao requerimento do vereador José Antonio Ferreira, o Dr. José (PSDB), a Secretaria Municipal de Saúde confirma a falta de bolsa adesiva para coleta de produtos intestinais, distribuída a pacientes ostomizados no município.
 Segundo a Prefeitura, por ser distribuída pelo Estado, o atraso de entrega pela DRS Campinas está motivando a falta do produto na rede municipal de saúde. O atraso já vem ocorrendo há meses, com certa melhora entre os meses de fevereiro e março e depois piorou. Os produtos para ostomizados ficam armazenados no Ambulatório de Estomia no Centro Médico de Especialidades para facilitar e dinamizar o atendimento. Essas bolsas são compradas pelo governo estadual com recursos do governo federal e repassadas em insumos ao município pela DRS Campinas. De acordo com a Prefeitura, atualmente, o Ambulatório de Estomia do Centro de Especialidades conta com 99 pacientes, sendo que 90 pacientes possuem colostomia e nove pacientes possuem urostomia. Desses pacientes, dois possuem entre zero e cinco anos, um paciente entre seis e 20 anos, cinco pacientes entre 21 e 40 anos, 28 pacientes possuem entre 41 e 59 anos, e 64 pacientes possuem 60 anos ou mais. Com relação à quantidade de bolsas entregues a cada paciente, a Secretaria de Saúde informou que o quantitativo de bolsas entregue a cada usuário segue a portaria nº 400/2009 dos ostomizados, sempre preconizando o bom senso e a equidade de acesso aos produtos de saúde, para que os mesmos sejam distribuídos de forma igualitária para todos os pacientes atendidos pela rede municipal. Quanto a prazo para solução do problema, a Prefeitura diz que não tem como o município estimar o prazo para solução deste problema visto que não é uma questão municipal e sim estadual e já encaminhada ao setor responsável a solicitação de insumos e está aguardando o posicionamento da DRS Campinas.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE