Edit

Ver. quer saber da coleta e descarte de lâmpadas fluorescentes

O vereador Nenê Réstio (MDB), teve aprovado na sessão da Câmara desta semana requerimento no qual solicita informações da Prefeitura sobre a coleta e o descarte adequados de lâmpadas fluorescentes no município. A preocupação do parlamentar é com relação ao meio ambiente, tendo em vista que as lâmpadas possuem elementos poluentes em sua composição.

O requerimento é resultado de uma visita feita no dia 23 de março ao Bosque Manoel Jorge, no Jardim Santa Rosa, onde Nenê Réstio constatou uma pilha de lâmpadas depositadas atrás do local onde as pessoas levam materiais a serem reciclados. O assunto também é motivo de questionamento constante de munícipes e comerciantes, que não sabem a maneira correta e nem onde descartar.

Conforme o vereador explica, o produto em questão é altamente poluente, por conter mercúrio e fósforo. Sendo assim, o descarte não pode ser feito de qualquer forma. ???O correto é a reciclagem através de empresa especializada???, detalha. Nenê Réstio menciona que existem legislações municipais que tratam da coleta e destinação do material ??? Leis nº 2.312/2008 e nº 3.142/2017.

Há entendimento de que as empresas que fabricam, importam, distribuem ou comercializam produtos nocivos ao meio ambiente se encarreguem pela coleta e destinação adequada. ???Inclusive o prefeito (Benjamim) Bill (Vieira de Souza) já discutiu o assunto a nível regional, através do Consimares (Consórcio Intermunicipal de Manejo de Resíduos Sólidos). ?? a chamada Logística Reversa???, cita Réstio.
Por meio do requerimento, o vereador quer saber se os estabelecimentos que comercializam lâmpadas fluorescentes em Nova Odessa tem realizado a coleta. Além disso, se a Administração Municipal mantém alguma pessoa específica ou empresa contratada para fazer a fiscalização. ????? um assunto que diz respeito não só ao município, mas todo o meio ambiente em que vivemos???, finaliza.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE