Edit

Ver. quer endurecer com pai que vacila com vacina

O vereador Vagner Malheiros (PDT) protocolou na secretaria da Câmara Municipal de Americana um projeto de lei em que propõe a obrigatoriedade de apresentação de caderneta de vacinação nos atos de matrícula e rematrícula em estabelecimentos de ensino públicos e privados de Americana.
De acordo com o parlamentar, o objetivo é contribuir para a regularização da imunização de crianças e adolescentes. ???A aprovação deste projeto trará maior colaboração entre os setores da saúde e da educação. As escolas têm o dever de orientar pais e responsáveis sobre a importância de estar em dia com o calendário de vacinação. ??s vezes, a família pode não entender em que momento se deve dar essa vacina. ?? o papel proativo da educação???, argumenta Malheiros. O vereador ressalta que a iniciativa já foi adotada em estados como Goiás, Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina, e que a lei tem caráter educativo: o aluno não perde direito à matrícula caso a caderneta esteja desatualizada ou não seja apresentada. ???A ausência da carteira de vacinação, ou a sua desatualização, não gera a impossibilidade da matrícula, mas a recomendação para sua regularização, com nova conferência no início do ano letivo, sob pena de encaminhamento para o Conselho Tutelar???, explica. O projeto de lei será encaminhado às comissões pertinentes e, não havendo impedimento legal para sua tramitação, será discutido e votado pelos vereadores em plenário, durante sessão ordinária.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE