Ver. está preocupado com veículos pesados

O presidente da Câmara de Nova Odessa, Vladimir Antonio da Fonseca (SDD), o professor Bi, tem requerimento protocolado no qual solicita informações a Prefeitura sobre eventuais medidas a serem tomadas visando disciplinar o tráfego de veículos pesados no município.
O parlamentar cita que foi procurado por munícipes, moradores de bairros distintos e também da região central, que reclamam desta situação. 
No documento ele cita alguns bairros como o Jardim Nossa Senhora de Fátima, São Jorge, Alvorada e Capuava, que estão se fortalecendo comercialmente, gerando emprego e riqueza para a cidade.
Em contrapartida o intenso tráfego de caminhões tem se tornado um problema. Traz insegurança aos pedestres, constantes rompimentos de redes elétricas e de telefonia, circulação de carga perigosa, estacionamento desses grandes veículos em vias tornado o tráfego complicado, além de danos de grande monta no pavimento das ruas projetadas, principalmente para o tráfego de veículos leves.
O professor Bi lembra que Nova Odessa conta com a lei municipal 2.184, de 16 de outubro de 2006, que autoriza o senhor prefeito a criar o que se chama de Centro Expandido. Quando criada, a legislação pretendia disciplinar o tráfego de caminhões que, invariavelmente, utilizavam o Centro da nossa cidade como rota de fuga da praça de pedágio da Rodovia Anhanguera.
Com o requerimento, ele pretende saber se há estudos no sentido de atualizar a lei 2.184, para a presente realidade de Nova Odessa. Quais medidas poderão ser adotadas em relação aos veículos de transporte de carga pesada. Se existe alguma forma prevista para controlar a circulação de caminhões para carga e descarga de materiais no município. E se há previsão de regulamentar o estacionamento de veículos de grande porte nas vias do município.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE