Venda de imóveis usados cai 19% em Campinas e região

Os imóveis usados mais vendidos em Agosto em Campinas e em outras 22 cidades da região foram os apartamentos e casas de 2 dormitórios com preço médio de até R$ 300 mil. Em pesquisa feita pelo Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Crecisp) com 157 imobiliárias e corretores credenciados, esses imóveis representaram 62,3% dos contratos  fechados no mês nesses municípios.

 

As vendas em Agosto caíram 18,95% na comparação com Julho. A locação ficou estável, com queda de 0,14% nesse mesmo período.

 

Foram vendidos em Agosto mais apartamentos (53,85%) do que casas (46,15%) e a maioria por meio de financiamento bancário (55,21%). As vendas com pagamento à vista e de forma parcelada pelos proprietários dos imóveis tiveram participação praticamente idêntica, com 22,92% e 21,88%, respectivamente.

 

Quase a metade dos imóveis usados vendidos nesse mês é de bairros da periferia das cidades – 48,31% do total – e o restante se divide entre bairros de áreas nobres (31,46%) e centrais (20,22%). O preço também se refletiu no padrão construtivo das unidades vendidas: 46,48% são de padrão construtivo mais simples, standard. Os de padrão médio somaram 39,44% e os de padrão luxo, 14,08%.

 

“A região é rica, as cidades têm renda média pessoal elevada para os padrões nacionais, quase todas acima dos R$ 33.593,82 do PIB per capita de 2018, mas a crise econômica provocada pela pandemia do coronavírus nestes últimos dois anos não poupou ninguém e encolheu a renda das famílias”, afirma José Augusto Viana Neto, presidente do CreciSP, ao justificar a concentração das vendas nos imóveis de até R$ 300 mil e em bairros da periferia.

 

Ele destaca que esse é um padrão de preço que vem se repetindo em outras regiões do Estado, segundo mostram as pesquisas do CreciSP. “As residências de preço final até R$ 300 mil foram também as mais vendidas nas cidades do Vale do Paraíba,  64% do total, e na região de Sorocaba, com 63% de participação nos negócios fechados pelas imobiliárias e corretores credenciados”, compara Viana Neto.

 

Essa faixa de preço, para ele, é um sinal claro para vendedores e investidores “da direção em que o vento está soprando no mercado de imóveis usados”. Casas e apartamentos  de menor valor e, portanto, com perfil construtivo simples e mais distantes de bairros valorizados: “São estes os mais procurados por potenciais compradores e com mais chances de saírem da prateleira mais rapidamente”, afirma Viana Neto.

 

Dominância de vendas

 

A pesquisa CreciSP com 157 imobiliárias e corretores das 23 cidades apurou que 78,57% dos apartamentos vendidos em Agosto tem 2 dormitórios. Com 3 dormitórios foram 17,86% e com 4 dormitórios, 3,57%.

 

A área útil da maioria – 50% – varia de 51 a 100 metros quadrados. Os demais têm entre 101 e 200 m2 (10,71%) e até 50 m2 (39,29%). Aqueles com uma vaga de garagem somaram 78,57%, seguidos pelos com duas vagas (14,29%)  e com três vagas (7,14%).

 

Já as casas de 2 dormitórios representaram 48,48% das unidades vendidas, seguidas pelas de 3 dormitórios (39,39%), 4 dormitórios (6,06%) e pelas de 1, 5 ou mais dormitórios (3,03% cada uma).

 

Segundo a pesquisa, 39,39% das casas têm área útil entre 101 e 200 metros quadrados; 21,21% têm entre 51 e 100 m2; 15,15% até 50 m2; 9,03% entre 201 e 300 m2; e 3,03% acima de 500 m2.

 

A maioria dessas casas tem duas vagas de garagem (45,45%) e as demais uma vaga (21,21%), três vagas e nenhuma (12,12% cada) e quatro vagas (9,09%).

 

Novas locações têm aluguel

mensal de até R$ 1.500,00

 

Mais da metade (56,45%) dos novos inquilinos de Campinas e das outras 22 cidades da região vai pagar mensalmente em média até R$ 1.500,00 pelo aluguel de casas e apartamentos contratado em Agosto.

 

Esse perfil foi apurado na pesquisa do CreciSP com 157 imobiliárias e corretores desses municípios, nos quais a preferência foi pelas casas (58,72% do total) em detrimento dos apartamentos (41,28%). Em ambos os casos, o padrão construtivo dominante foi o médio (52,17%), com outros 26,96% do padrão standard e 20,87% do padrão luxo.

 

Quanto à localização, 36,57% estão em bairros de periferia, 35,07% em regiões nobres e 28,36% em bairros mais centrais.

 

As casas alugadas em Agosto em sua maioria têm 2 dormitórios (37,84% do total), duas vagas de garagem (35,14%) e área útil entre 51 e 100 metros quadrados (37,84%).

 

O perfil dos apartamentos é diferente: 56% das unidades vendidas são de 3 dormitórios e a maioria tem área útil entre 51 e 100 metros quadrados (48%). As vagas de garagem se dividem majoritariamente entre os imóveis que têm duas e uma vaga, com 44% de participação cada.

 

A pesquisa CreciSP foi feita nas seguintes cidades:  Águas de Lindoia, Americana, Amparo, Artur Nogueira, Campinas, Cosmópolis, Engenheiro Coelho, Hortolândia, Indaiatuba, Itapira, Itatiba, Jaguariúna, Mogi Guaçu, Mogi Mirim, Monte Mor, Nova Odessa, Paulínia, Pedreira, Santa Bárbara D’Oeste, São João da Boa Vista, Sumaré, Valinhos e Vinhedo.

 

 

Faixa de preço média Percentual
Até R$ 100 mil 3,28%
De R$ 101 a R$ 200 mil 22,95%
De R$ 201 a R$ 300 mil 36,07%
De R$ 301 a R$ 400 mil 8,20%
De R$ 401 a R$ 500 mil 8,20%
De R$ 501 a R$ 600 mil 3,28%
De R$ 601 a R$ 700 mil 1,64%
De R$ 701 a R$ 800 mil 0,00%
De R$ 801 a R$ 900 mil 0,00%
De R$ 901 a R$ 1 milhão 4,92%
Acima de R$ 1 milhão 11,48%

 

Modalidade Percentual
À Vista 22,92%
Financiamento CAIXA 39,58%
Financiamento Outros Bancos 15,63%
Direto com Proprietário 21,88%
Consórcios 0,00%

 

Região Percentual
CENTRAL 20,22%
NOBRE 31,46%
DEMAIS REGIÕES 48,31%

 

 

 

Tipo Percentual
LUXO 14,08%
MÉDIO 39,44%
STANDART 46,48%

 

Casas Vendidas

Dormitórios Percentual
1 Dorm. 3,03%
2 Dorm. 48,48%
3 Dorm. 39,39%
4 Dorm. 6,06%
5 ou mais Dorm. 3,03%

 

Vagas de garagem Percentual
Sem vaga 12,12%
1 vaga 21,21%
2 vagas 45,45%
3 vagas 12,12%
4 vagas 9,09%
5 ou mais vagas 0,00%

 

Área útil Percentual
1 a 50 m² 15,15%
51 a 100 m² 21,21%
101 a 200 m² 39,39%
201 a 300 m² 9,09%
301 a 400 m² 12,12%
401 a 500 m² 0,00%
acima de 500 m² 3,03%

 

 

 

Apartamentos Vendidos

 

Dormitórios Percentual
Quitinete 0,00%
1 Dorm. 0,00%
2 Dorm. 78,57%
3 Dorm. 17,86%
4 Dorm. 3,57%
5 ou mais Dorm. 0,00%

 

Vagas de garagem Percentual
Sem vaga 0,00%
1 vaga 78,57%
2 vagas 14,29%
3 vagas 7,14%
4 vagas 0,00%
5 ou mais vagas 0,00%

 

Área útil Percentual
1 a 50 m² 39,29%
51 a 100 m² 50,00%
101 a 200 m² 10,71%
201 a 300 m² 0,00%
301 a 400 m² 0,00%

 

Locações em Agosto na região de Campinas

 

VALOR ALUGUEL Percentual
até 500 3,23%
501 a 750 11,29%
751 a 1.000 9,68%
1.001 a 1.250 20,97%
1.251 a 1.500 11,29%
1.501 a 1.750 3,23%
1.751 a 2.000 8,06%
2.001 a 2.500 6,45%
2.501 a 3.000 6,45%
3.001 a 4.000 6,45%
Acima de R$ 4.000 12,90%

 

Região Percentual
CENTRAL 28,36%
NOBRE 35,07%
DEMAIS REGIÕES 36,57%

 

Tipo Percentual
LUXO 20,87%
MÉDIO 52,17%
STANDART 26,96%

 

Casas Alugadas

Dormitórios Percentual
Quitinete 0,00%
1 Dorm. 16,22%
2 Dorm. 37,84%
3 Dorm. 35,14%
4 Dorm. 5,41%
5 ou mais Dorm. 5,41%

 

Vagas de garagem Percentual
Sem vaga 13,51%
1 vaga 32,43%
2 vagas 35,14%
3 vagas 2,70%
4 vagas 16,22%
5 ou mais vagas 0,00%

 

Área útil Percentual
1 a 50 m² 16,22%
51 a 100 m² 37,84%
101 a 200 m² 21,62%
201 a 300 m² 18,92%
301 a 400 m² 5,41%
401 a 500 m² 0,00%

 

Apartamentos Alugados

Dormitórios Percentual
Quitinete 4,00%
1 Dorm. 4,00%
2 Dorm. 32,00%
3 Dorm. 56,00%
4 Dorm. 4,00%
5 ou mais Dorm. 0,00%

 

Vagas de garagem Percentual
Sem vaga 8,00%
1 vaga 44,00%
2 vagas 44,00%
3 vagas 4,00%
4 vagas 0,00%

 

Área útil Percentual
1 a 50 m² 24,00%
51 a 100 m² 48,00%
101 a 200 m² 28,00%
201 a 300 m² 0,00%
301 a 400 m² 0,00%

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE