Venda de consórcios de serviços crescem 176% no interior de SP

O sistema de consórcios é uma modalidade que tem chamado a atenção dos brasileiros por ser uma boa opção de investimento para aquisição de bens, principalmente agora, visto o cenário atual do país, pois quem foi disciplinado financeiramente, tem uma segurança maior. As vendas do consórcio Santa Emília, (www.consorciosantaemilia.com.br), associado à BR Consórcios, apresenta forte avanço nas vendas de cotas, no mês de agosto de 2020, quando comparado ao mesmo mês do ano anterior. Os produtos responsáveis por esse resultado foram: serviços com 176%, motocicleta com 126%, imóveis 77%, automóveis em 60%. Contabilizando o aumento geral, o consórcio Santa Emília cresceu em 73% de suas vendas.

No comparativo semestral, o total de vendas é de 56%. Isso graças aos avanços nas vendas nas cotas de motocicleta com 91%, imóveis 61% e automóveis em 40%. Já analisando de forma anual, o consórcio apresenta grandes avanços, com total geral positivo de 18%. Os produtos responsáveis por este resultado foram: serviços com 151%, imóveis 20%, automóveis com 17% e motocicleta em 5%.

Novos programas – Um dos fatores de crescimento da BR Consórcios é sua capacidade de inovação. Em 2019, dois programas de investimento foram criados para ampliar as chances para que muitos brasileiros pudessem conquistar seus sonhos de forma planejada, e em 2020, as ações continuam. São eles: o Condofaz e o MyPlace.

Com intuito de atender as necessidades dos condomínios residenciais e comerciais em construções (ampliações e reformas) e aquisições de equipamentos em todo o país, o Condofaz chega ao mercado de olho nos cerca de 420 mil condomínios espalhados pelo país.

De acordo com Rodolfo Montosa, diretor geral da BR Consórcios, uma das maiores dificuldades encontradas por muitos condomínios é o controle financeiro. “Todos eles têm muitas necessidades, mas esbarram na falta de recursos para promover as benfeitorias, muitas vezes até em razão dos condôminos inadimplentes. Com o consórcio, os condomínios poderão se organizar de acordo com parcelas que cabem no bolso dos moradores, incentivando-os a traçar um orçamento mensal controlado e sem atropelos”, afirma Montosa.

Já o brasileiro que sonha com a aquisição de um imóvel no exterior, de forma planejada, sem comprometer seus rendimentos, poderá investir no programa MyPlace. Segundo Montosa, as pessoas que buscam imóveis no exterior são atraídas pela qualidade de vida, valorização imobiliária, diversificação de seu portfólio de investimentos e pelos financiamentos a prazos longos com preços acessíveis.

Os dois programas já estão disponíveis no mercado, interessados devem entrar em contato com a empresa para conhecer mais sobre o sistema de consórcio.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE