Veja como Panicat ficou ‘grandona’

A “Panicat” Wendy Tavares, que fez sua estreia no palco do programa “Pânico na Band” neste mês, surpreendeu ao mostrar fotos de quando mudou de Araçatuba, interior de São Paulo, para a capital para seguir a carreira de modelo.

“Essas foram minhas primeiras fotos de modelo quando cheguei em São Paulo. Era bem magrinha (risos), vim para modelar mesmo. Tinha 19 anos e pesava 56kg”, conta a morena que hoje tem 21 anos e pesa 60kg.
“Vim para São Paulo trabalhar como modelo. Fiz feiras, confraternizações e eventos por um ano e meio. Até que no Carnaval do ano passado um amigo me apresentou para o Pânico. Na época a minha agência em São Paulo estava pedindo para eu emagrecer pois estava acima do meu peso e não estava conseguindo trabalhar como modelo, só para fitness e biquíni. Emagreci por volta de 7kg em 10 dias. Tinha 105cm de bumbum e quando sequei fui para 96cm. Fiquei muito magra e até estranha. Pesava 62kg e fui pesar 56kg. Voltei do Carnaval de Salvador e o Pânico me ligou pedindo para gravar. Vim para São Paulo gravar como Mendigata e o Pânico falou que eu estava muito magra. Precisei voltar a encorpar. Deixei a minha vida de modelo para virar mais gostosona, mais Panicat, mais malhada digamos assim”, conta Wendy Tavares.
“Comecei a gravar os quadros do Bolinha, fazia algumas participações nas dramaturgias. Fiquei participando por um ano e virei Panicat agora. Vim para São Paulo seguir carreira de modelo e carreira artística também, que era o meu sonho. Sempre quis muito, sonhei em ser famosa. Sempre quis seguir esta vida e meus pais sempre me apoiaram muito pois sempre foi um sonho meu e da minha família. Agora consegui isso e estou muito feliz. Para mim hoje é muito gratificante estar onde estou vinda do interior. Não conhecia ninguém, fui conhecendo as pessoas, pessoas influentes, me aproximando e hoje estou na mídia”, exalta a “Panicat” que hoje tem 103cm de bumbum, 88cm de busto, 60cm de coxa e 63cm de cintura distribuídos em 1,69m de altura e 60kg.
A beldade nasceu em Três Lagoas, Mato Grosso do Sul, e se mudou para Araçatuba, interior de São Paulo, quando tinha 9 anos. “Acredito que cheguei para ficar. Batalhei muito para chegar onde cheguei. Era algo que eu queria a qualquer custo. ?? muito difícil. Quero aprender a cada dia, vou batalhar a cada dia para ficar cada dia mais forte no mercado”, finaliza Wendy Tavares.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE