Veículos novos rodam em média 12,9 mil km no Brasil

Em média, o brasileiro roda 12,9 mil km no primeiro ano de um veículo e diminui consideravelmente nos anos seguintes. ?? o que mostra o levantamento exclusivo da KBB Brasil, referência em precificação de carros novos e usados, que analisou mais de um milhão de anúncios que passam pela base de dados de sua plataforma a partir de tecnologias de análise de dados e Big Data.

A plataforma da KBB Brasil apontou também que, quanto mais antigo um automóvel fica, sua quilometragem anual tende a baixar em cerca de 390 km. Isso significa que, em cinco anos, um veículo que rodava quase 13 mil quilômetros no primeiro ano de uso, pode deixar de circular quase 2 mil km.

QUILOMETRAGEM POR ESTADO

Não é novidade que um Estado é diferente de outro em questões geográficas e culturais. Seguindo essa lógica, a quilometragem entra em mais um tópico que diverge de acordo com o lugar de origem.

Segundo o levantamento da KBB Brasil, a diferença nesses dados pode bater os 6,5 mil Km, considerando a média traçada pelos motoristas de Pernambuco, com 11,1 mil km, no primeiro ano de uso, e 17,6 mil km, rodados no mesmo período pelos tocantinenses.

RODAGEM POR CATEGORIA

A região não é a única subcategoria de análise, o comportamento de rodagem de veículos varia também por categoria. A KBB Brasil agrupou a análise em dois segmentos principais, baseadas por tipos de carros que se assemelham no comportamento: passeio e utilitários ou comerciais leves.

Na categoria ???Passeio???, estão todos os hatches, sedãs e peruas de porte pequeno, médio ou grande. Em contrapartida, os ???Utilitários / Comerciais Leves???, foram categorizados os SUVs, picapes e vans de todos os portes.

Uma curiosidade sobre este levantamento é que a categoria campeão de rodagem é justamente a que comporta o queridinho dos brasileiros: os SUVs compactos.

Dentre as várias características que afetam o preço de um carro, a quilometragem é a mais comum e objetiva, já que impacta em diversos outros fatores de estrutura, como a conservação, situação dos pneus e histórico de manutenção, por exemplo. Na plataforma da KBB, é possível descobrir o impacto da quilometragem no valor de venda de um carro usado, o que permite uma melhor experiência de compra para os consumidores.

Acesse www.kbb.com.br e confira como o valor de um automóvel pode variar a partir de sua quilometragem.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE