Vasectomia não interfere em desempenho sexual

Pouco popular entre o público masculino, a vasectomia é um método contraceptivo feito através de procedimento cirúrgico que interrompe o fluxo de espermatozoides produzidos pelos testículos. Apesar de ser um dos métodos mais efetivos e seguros para quem não pretende ter filhos, muitos homens ainda resistem em realiza-lo pois acreditam que pode interferir na produção de hormônios e no desempenho sexual.

De acordo com Emilio Sebe Filho, urologista e fundador da Lifemen, rede de clínicas que reúne serviços especializados na área de saúde sexual masculina, a ideia de que a vasectomia causaria disfunção erétil é um mito. ???O procedimento torna os homens estéreis, mas em nenhum momento interfere na produção de hormônios, tampouco na ereção. ?? apenas um método contraceptivo extremamente seguro para casais ou homens que decidem não ter filhos???, explica. O especialista acrescenta que em muitos homens a realização da vasectomia pode gerar um aumento na libido, pois deixam de lado a preocupação sobre uma possível gravidez e passam a aproveitar a relação sexual de maneira mais intensa e comprometida.

Para quem ainda tem dúvidas, é importante ressaltar que a vasectomia é um procedimento simples, que leva apenas alguns minutos, não exige jejum prévio ou internação pós-operatória. ???O paciente pode sentir um desconforto momentâneo nos testículos, mas nada que o impeça de seguir sua rotina normalmente???, comenta.

O médico explica, ainda, que a reversão da vasectomia é possível, mas trata-se de um procedimento complexo e delicado, que não tem eficácia garantida. ???Tempo não é limitante, mas recomendamos que a reversão seja realizada até cinco anos depois da vasectomia, para melhores chances de recuperar a capacidade fértil. Por isso, é importante que o paciente esteja seguro sobre querer filhos, principalmente se estiver em um relacionamento sério???, conclui Dr. Emilio.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE