Edit

Vacina contra febre amarela está disponível no posto médico da Vila Galo

A Secretaria de Saúde de Americana faz um alerta às pessoas que vão viajar neste final de ano para as regiões do país e exterior que são consideradas áreas de riscos para contaminação da febre amarela. Neste caso, a recomendação é atualizar a caderneta de vacinação antes da viagem para evitar a infecção pela doença.A vacina contra a febre amarela é oferecida na Unidade Básica de Saúde da Vila Galo, de segunda a quinta-feira das 13 às 16 horas, e na sexta-feira das 8 às 11 horas. O endereço é Rua Quintino Bocaiúva, 1250.A imunização contra febre amarela é indicada para qualquer pessoa, a partir dos nove meses de idade, que for viajar para regiões rurais e de mata. Segundo a enfermeira e gerente da unidade, Fernanda Lapi, quem se vacinou há menos de 10 anos não precisa repetir a dose. Ela explica que o ideal é que as pessoas sejam vacinadas com 10 dias de antecedência à viagem.”Primeiramente, quem for viajar deve se informar se o local para o qual vai é uma área de risco e qual vacina deve tomar. A vacina é a forma mais eficaz para evitar a febre amarela???, disse.Ela explicou ainda que a vacina contra a febre amarela é contraindicada na gestação, para crianças menores de 6 (seis) meses, indivíduos com alteração do quadro imunológico (pessoas com AIDS, portadoras de leucemia, linfomas, tumores malignos e pacientes que façam uso frequente de corticóides e radiação) ou que tenham alergia a ovo de galinha.A febre amarela é uma doença infecciosa viral aguda, transmitida por mosquitos e que pode levar à morte. Os sintomas mais comuns são febre alta, calafrios, vômitos, dores no corpo, pele e olhos amarelados, sangramentos e diminuição da urina.No Brasil, as áreas consideradas de risco para febre amarela são: os estados da região Norte e Centro-Oeste, bem como parte da região Nordeste (estado do Maranhão, sudoeste do Piauí, oeste e extremo-sul da Bahia), região Sudeste (estado de Minas Gerais, oeste de São Paulo e norte do Espírito Santo) e região Sul (oeste dos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).???As pessoas que moram nestas regiões, ou aqueles que irão viajar para estes locais devem tomar a vacina, caso ainda não tenham feito ou o fizeram há mais de dez anos???, orientou Fernanda.Ela lembrou também que para evitar transtornos, os brasileiros que pretendem viajar para o exterior precisam estar atentos a alguns cuidados de saúde e portar o Certificado Internacional de Vacinação e Profilaxia (CIVP) ao visitar países que o exigem. A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) disponibiliza em seu site informações para os viajantes. www.anvisa.gov.br/viajante.
Atendimento
A orientação da Secretaria de Saúde é que os viajantes procurem o quanto antes o posto médico. ???Devido ao decreto do ponto facultativo, encerraremos as nossas atividades no dia 21 de dezembro e retornaremos no dia 02 de janeiro. Por isso os viajantes devem se programar e procurar a UBS da Vila Galo para tomar a vacina???, falou Fernanda.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE