Edit

Vacina contra Alzheimer começa a ser testada em humanos

Voluntários estão sendo recrutados pela biofarmacêutica sueca Alzinova para participar de do ensaio clínico de uma potencial vacina contra o Alzheimer. Chamada ‘ALZ-101’, a vacina está sendo estudada na Finlândia, segundo o jornal O Globo, e já tem um voluntário garantido. A ideia é testar o imunobiológico em pacientes com a doença em estágio inicial.

Nessa fase do estudo, o objetivo dos cientistas é testar a segurança e a tolerabilidade da vacina, que pretende combater diretamente as cadeias de proteínas que, no momento em que se acumulam no cérebro, provocam as manifestações clínicas do Alzheimer.

Em comunicado à imprensa, a CEO da Alzinova, Kristina Torfgård, destacou que o estudo atende a uma necessidade médica grande. “Estamos ansiosos para continuar o desenvolvimento deste potencial tratamento modificador da doença com o objetivo de longo prazo de tratar e prevenir o início e a progressão desta doença devastadora”, afirmou.

METODOLOGIA

Nesta etapa do estudo, a Alzinova quer avaliar como 26 pacientes em estágio inicial do Alzheimer reagem à vacina. Nos estudos pré-clínicos, que antecederam esta fase, não houve indícios de toxicidade ou inflamação associados ao imunizante.

Somente depois de atestada a segurança e a tolerabilidade é que os cientistas devem avaliar a resposta imunológica do organismo após múltiplas doses da vacina.

Os voluntários dos ensaios clínicos devem tomar quatro doses cada ou o placebo pelo período de cinco meses. Os resultados devem ser divulgados no segundo semestre de 2023.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE