Vôlei Renata se impõe no Taquaral e sobe na Superliga

O Vôlei Renata se impôs dentro de casa para conquistar uma importante vitória na briga dentro da zona de classificação aos playoffs da Superliga Cimed. Na noite deste sábado (23), o time campineiro não deu chances ao Copel Telecom Maringá Vôlei e venceu por 3 a 0 (25/18; 25/19 e 25/20), no Ginásio do Taquaral, em Campinas, em jogo válido pela oitava rodada do segundo turno. O líbero Lukinha foi eleito o melhor em quadra e faturou o troféu Viva/Vôlei
Com a segunda vitória seguida, o Vôlei Renata chega aos 30 pontos, sobe ao quinto lugar da competição e encosta no pelotão dos líderes. Os comandados do técnico Horácio Dileo voltam às quadras para enfrentar o Caramuru Vôlei, na próxima quinta-feira (28), às 20h30, na Arena Multiuso, em Ponta Grossa. 
“Era um jogo difícil, sabíamos da qualidade de Maringá, mas jogamos muito bem taticamente, cumprindo o que foi estudado antes do jogo. Fico muito feliz com o modo que a equipe comportou”, comentou o capitão Vini, um dos destaques da partida. O oposto Dani foi o maior pontuador da partida com 18 acertos.  
HOMENAGEM ??? Antes da partida começar, o bicampeão olímpico e embaixador do Vôlei Renata, Maurício Lima, foi homenageado pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV). Ele recebeu uma placa das mãos do superintendente da entidade, Renato D’Avila, em agradecimento e reconhecimento pelo que fez e faz pelo vôlei nacional. 
O JOGO ??? Dentro de casa, o Vôlei Renata impôs completamente seu jogo no primeiro set. Sacando bem, o time campineiro logo assumiu o comando do placar em bloqueio de Vini (7 a 4). Com o sistema defensivo afiado, os donos do Taquaral não desperdiçaram contra-ataques e seguiram ampliando. Vaccari, sem bloqueio em duas oportunidades, aumentou a diferença (16 a 9). Forçando o adversário a errar, a equipe de Campinas não teve problemas para fechar por 25 a 19 e abrir 1 a 0. 
No segundo set, o Vôlei Renata usou a força do saque para colocar o adversário contra a parede. Os visitantes chegaram a abrir 3 a 0 no início da parcial, mas o time campineiro foi buscar em passagem de Renan pelo serviço. Com direito a ace, o ponteiro colocou os donos da casa na frente (8 a 6). Os paranaenses seguiram na cola do placar, mas foram obrigados a pedir tempo após bloqueio de Vini em Lucas Borges (13 a 10). Sem perder o rimo, o time da casa foi ampliando a diferença, desta vez em ace de Dani na paralela (16 a 12). Na frente, o Vôlei Renata não deixou o adversário reagir na reta final, mantendo o bom aproveitamento nos contra-ataques e fechou fazendo 25 a 19 após erro de saque de Maringá. 
O Vôlei Renata começou com tudo no terceiro set. Em passagem de Dani pelo saque, com direito a ace a 107km/h, os campineiros abriram larga vantagem (6 a 1). Controlando bem o jogo, o time da casa freou as tentativas de reação do adversário. Na primeira oportunidade, quando Maringá encostou se aproveitando de erros campineiros, Demian conseguiu importante bloqueio (16 a 13). Em seguida, após novo vacilo, Vini conseguiu ace e abriu caminho para a vitória (22 a 18), que foi ampliado por bloqueio de Luizinho, logo na sequência. Após erro de saque, os comandados do técnico Horácio Dileo fizeram 25 a 20 e fecharam o jogo em 3 a 0. V??LEI RENATAGonzález, Dani, Renan, Vaccari, Luizinho, VIni e Lukinha (líbero). Técnico ??? Horácio Dileo. Entraram ??? Melqui e Bello 
Fotos: Luciano Claudino/Vôlei Renata

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE