Vôlei Renata perde na estreia do playoffs

Agora é no Taquaral. O Vôlei Renata fez um grande jogo e foi buscar uma diferença de 2 a 0 no primeiro jogo das quartas-de-final da Superliga Cimed. No começo da tarde deste sábado (23), o time campineiro mostrou poder de reação, forçando o tiebreak, mas acabou superado pelo EMS Taubaté Funvic por 3 a 2 (25/14; 25/17; 25/27; 21/25 e 15/12), no Ginásio do Abaeté, no Vale do Paraíba.  
Os times voltam a se enfrentar na quarta-feira (27), às 19 horas, no Ginásio do Taquaral, em Campinas. O Vôlei Renata precisa de uma vitória por qualquer placar para forçar o terceiro jogo, marcado para sexta-feira (29).
“Mostramos que podemos jogar de igual para igual contra todo mundo durante a Superliga, hoje não foi diferente. Saímos um pouco do padrão nos dois primeiros sets e acabamos sofrendo. A partir da terceira parcial, voltamos a esta característica de paciência, que incomodou todo mundo dna temporada. Erramos pouco, defendemos bem e, aos poucos, conseguimos nos recuperar e forçar o tiebreak. Uma pena que a gente perdeu e parabéns para Taubaté. Agora é outro jogo. Vamos estar em casa e buscar a vitória”, comentou o ponteiro Bruno Temponi. 
O JOGO ??? O ace de Vaccari no primeiro ponto da partida indicou o ritmo do Vôlei Renata no início da partida. Com bom aproveitamento de Dani e Vaccari no ataque, o time campineiro manteve a igualdade no marcar (8 a 8) no início da partida. Os donos da casa, no entanto, encaixaram boas sequência de saque e foram abrindo vantagem. Mesmo com as trocas do treinador Horácio Dileo, Taubaté levou a primeira parcial: 25 a 14. 
Forçando o saque para buscar a reação, os campineiros voltaram para o segundo set tentando impor um ritmo, mas Taubaté seguiu firme no ataque, vencendo o sistema defensivo do Vôlei Renata. Sem conseguir quebrar a virada de bola dos donos da casa, a equipe visitante viu Taubaté fechar por 25 a 17 e marcar 2 a 0. 
Com uma nova dupla de ponteiros em quadra ??? Temponi e Vaccari ??? e uma estratégia diferente de saque, diminuindo a força e minando taticamente o adversário, o Vôlei Renata se recuperou. As mudanças deram resultado e os comandados do técnico Horácio Dileo logo assumiram a frente do placar(7 a 5). Mantendo o bom aproveitamento no ataque, os campineiros obrigaram o adversário a pedir tempo após ace de Vaccari (14 a 10). Mesmo com as tentativas de reação dos donos da casa, Vaccari e Temponi seguiram com o braço quente, rodando bolas importante e mantendo o time visitante na frente (23 a 21). No momento decisivo, o saque fez a diferença e, em ace, Dani fez 27 a 25 e diminuiu o placar para 2 a 1. 
O Vôlei Renata não perdeu o embalo no quarto set e começou com um bloqueio de Vini para tomar a frente do placar (4 a 3). Mesmo com a reação do adversário, o time campineiro manteve a calma quando o duelo ficou nervoso. Em passagem de González pelo saque, os visitantes forçaram o adversário a errar e abriram grande diferença, obrigando Taubaté a gastar seus dois tempos técnicos (14 a 11). Quando os donos da casa tentaram reagir foi a vez do bloqueio do Vôlei Renata aparecer. González e Luizinho, em sequência frearam a reação de Taubaté (23 a 17). Em ataque de Temponi, os campineiros fizeram 25 a 21 e forçaram o tiebreak: 2 a 2. 
Na parcial decisiva, o Vôlei Renata seguiu firme no ataque com Temponi e Vaccari. Novamente, sacando taticamente, os visitantes tiveram contra-ataques para passar na frente, mas o bloqueio de Taubaté funcionou bem (9 a 9). O placar seguiu igual até o final, mas os donos da casa conseguiram um ace no final para chegar por 15 a 12 e fazer 3 a 2 no partida.  

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE