Vôlei Campinas vence fora

O Vôlei Brasil Kirin encostou de vez nos líderes da Superliga Masculina. No começo da tarde deste sábado (14), o time campineiro conquistou sua oitava vitória ao derrotar São Bernardo, por 3 a 1 (21/25; 25/13; 25/23 e 25/20), de virada, no ABC Paulista, em jogo válido pela décima rodada. O central Maurício Souza recebeu o troféu Viva/Vôlei de melhor em quadra. 

O Vôlei Brasil Kirin chegou aos 22 pontos na classificação. Entre os líderes, os campineiros voltam às quadras contra o Sada/Cruzeiro, na próxima quarta-feira (21), às 19h30, no Ginásio do Taquaral, em Campinas. 
“Enfrentamos um time jovem, muito qualificado e tivemos dificuldades. Fomos aguerridos. Não  estávamos acostumados com um ginásio tão baixo, começamos mal, mas a partir do segundo set conseguimos nos recuperar e fazer o que tínhamos planejado. Nas horas mais difíceis mantivemos o foco e fomos buscar a vitória”, comentou Maurício Souza.
O JOGO ??? O Vôlei Brasil Kirin teve que mostrar toda sua técnica no primeiro set. Tranquilo, o time campineiro não se precipitou no ataque e conseguiu comandar o placar em alguns momentos. Na reta final da parcial, porém, os donos da casa aproveitaram dois contra-ataques seguidos, passaram na frente e levaram o primeiro período: 25 a 21. 
Os comandados do técnico Horacio Dileo acordaram no segundo set e foram impecáveis. Mais concentrados, os campineiros assumiram a frente logo no início da parcial com bom aproveitamento do bloqueio (7 a 4). Mais agressivo no saque, o time visitante disparou no placar em passagem de Maurício Souza pelo serviço. O campeão olímpico complicou a linha de passe adversária, marcou dois aces e, com ajuda do bloqueio, colocou dez pontos de vantagem (17 a 7). Sem perder o ritmo, o Vôlei Brasil Kirin igualou o jogo: 25 a 13. 
O equilíbrio foi a marca do terceiro set. Nenhum dos dois times conseguiu abrir vantagem no marcador do início ao fim. No lá e cá da parcial, Rodriguinho trabalhou bem as bolas de meio para mostrar a força do ataque campineiro. No momento decisivo da parcial, a experiência dos atacantes visitantes fez a diferença. Diogo e Rivaldo rodaram bolas importantes, explorando o bloqueio, e deixaram o Vôlei Brasil Kirin na boa para fazer 25 a 23 e levar o período. 
A igualdade foi mantida no início do quarto e último período. Novamente, a tranquilidade campineira foi determinante para o controle do placar. Em passagem de Rodriguinho pelo saque, os visitantes aproveitaram bem os contra-ataques, anotaram ponto de bloqueio com Maurício Souza e abriram boa vantagem (13 a 9). São Bernardo tentou crescer, mas parou duas vezes no paredão campineiro e os comandados de Horacio Dileo fecharam a parcial por 25 a 20. 

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE