Vôlei Campinas vence 3a seguida e sobe na tabela

O Vôlei Brasil Kirin manteve o bom momento na Superliga Masculina de Vôlei. Na noite desta quinta-feira, na abertura da terceira rodada do returno, os comandados do técnico Horacio Dileo derrotaram Copel/Telecom Maringá, por 3 a 0 (27/25; 25/21 e 25/21), no Ginásio do Taquaral, em Campinas. O central Vini foi eleito o melhor em quadra e levou o troféu Viva/Vôlei. 
Com a vitória, a terceira seguida pela Superliga, o Vôlei Brasil Kirin chegou aos 31 pontos e vai dormir em terceiro lugar. Os campineiros voltam às quadras contra Lebes/Gedore/Canoas, no próximo dia 04 (sábado), às 18 horas, fora de casa. 
“Começamos desligados e, em um campeonato tão complicado como a Superliga, você acaba pagando o preço. Nos recuperamos e a vitória veio. Tivemos altos e baixos durante a partida, o que não é o ideal, mas mostramos força e um comportamento exemplar nos momentos de adversidade, especialmente, no primeiro set. Ainda temos muito a crescer e mostramos que temos potencial para isto”, comentou o técnico Horacio Dileo. 
O JOGO ??? O time campineiro teve um começo ruim e viu o adversário abrir vantagem logo após o oitavo ponto. Após tempo técnico de Horacio Dileo, o Vôlei Brasil Kirin se concentrou, voltou ao jogo e marcou dois pontos em sequência com Maurício Souza, diminuindo a desvantagem para três de diferença (18 a 21). O campeão olímpico, inclusive, foi o responsável por comandar a reação campineira. Em boa passagem pelo saque, ele anotou ace (22 a 23) e quebrou o passe adversário, abrindo caminho para Diogo matar contra-ataque e empatar a parcial (23 a 23). Na reta decisiva, Vini apareceu e fechou a porta do adversário duas vezes seguidas em bloqueio. Em bom momento, os mandantes selaram a reação e a vitória no primeiro set após ataque paranaense para fora: 27 a 25.
O Vôlei Brasil Kirin começou o segundo set no gás. O ponteiro Bruno Temponi foi abrindo caminho no saque. Após ace, o camisa 2 engatou boa sequência e colocou a vantagem campineira em cinco pontos (7 a 2). Com o serviço afiado, os donos da casa voltaram a mostrar sua força no bloqueio. Rivaldo e Temponi pararam o ataque adversário e aumentaram a vantagem (15 a 10). Na sequência, o time da casa conseguiu segurar a pressão adversária e abriu 2 a 0 em ataque de Temponi explorando o bloqueio: 25 a 21. 
O terceiro set foi o mais equilibrado. Os dois times protagonizaram grandes lances e trocaram pontos, manter o placar empatado até a segunda metade do set (16 a 16). Novamente, em boa passagem de Temponi pelo saque, o Vôlei Brasil Kirin abriu três pontos e obrigou o adversário a pedir tempo (19 a 16). Os donos da casa não desperdiçaram a boa vantagem e fecharam o jogo após fazerem 25 a 21 na terceira parcial. 
V??LEI BRASIL KIRINRodriguinho, Rivaldo, Bruno Temponi, Diogo, Maurício Souza, Vini e Tiago Brendle (líbero). Técnico Horácio DileoEntraram: Jotinha, Baiano e Ygor Ceará

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE