Vôlei Campinas perde em casa

Campinas, SP – O Ginásio do Taquaral pulsou, a torcida campineira fez grande festa, mas o Vôlei Brasil Kirin acabou superado pelo Funvic/Taubaté, por 3 a 1 (22/25; 25/23; 25/23; e 25/17), na noite deste sábado (04), para 2600 torcedores, em Campinas, pela nona rodada do returno da Superliga Masculina de Vôlei. 

Com 40 pontos, em quarto lugar, o Vôlei Brasil Kirin volta às quadras em novo duelo paulista contra São Bernardo, na próxima quarta-feira (08), às 20 horas, novamente no Ginásio do Taquaral, em Campinas. 
“Estivemos bem dentro de quadra. Conseguimos construir um grande jogo, criar situações, mas infelizmente na reta final das parciais não aproveitamos. Faz parte, fica a lição. Agora é descansar a cabeça e pensar na partida contra São Bernardo, que será mais um jogo complicado”, analisou o líbero Tiago Brendle.
O JOGO ??? O Vôlei Brasil Kirin apostou no saque no início da partida e logo conseguiu assumir a frente do placar com aces de Diogo e Maurício Souza, obrigando o adversário a pedir tempo após a vantagem chegar a três pontos (6 a 3). O time campineiro impediu a reação do rival em bloqueio simples de Rivaldo em cima de Wallace (10 a 8). Com ritmo forte e bom desempenho dos ponteiros no ataque, combinando para seis pontos, os donos da casa seguiram comandando a parcial. Após ace de Vini, os comandados do técnico Horácio Dileo abriram quatro pontos (16 a 12) e não tiveram problemas para saírem na frente após marcarem 25 a 22.
Os donos do Taquaral não poderiam pensar em um começo melhor na segunda parcial. Em grande passagem de Rodriguinho pelo saque, o Vôlei Brasil Kirin rodou contra-ataques, bloqueou e não deu chances para o rival, abrindo 5 a 0. Os visitantes reagiram aos poucos e conseguiram virar o placar na sequência da parcial (18 a 15). Empurrado pela torcida, o Vôlei Brasil Kirin cresceu novamente com grande desempenho do bloqueio. Vini parou os atacantes adversário duas vezes e Baiano deixou tudo igual fechando a porta de Lucas Lóh na entrada de rede (19 a 19). A reta final da parcial seguiu emocionante, mas depois de erro campineiro, os donos da casa deixaram tudo igual: 25 a 23.
O terceiro set também foi disputado em alto nível técnico com ataques precisos dos dois lados. Em meio ao equilíbrio e aos constantes empates no placar, Rodriguinho e Diogo se destacaram anotando pontos de saque e incendiaram o Taquaral. Em nova final de parcial emocionante, o time visitante se aproveitou de um erro na virada de bola campineira e fechou: 25 a 23.
Mesmo com a torcida gritando durante toda parcial, o Vôlei Brasil Kirin não conseguiu encaixar seu jogo no quarto set, errou em demasia e acabou superado: 25 a 17.  

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE