Vôlei Campinas derrota Sesi em Belém

Belém, PA ??? A Arena Guilherme Paraense, em Belém-PA, foi a casa do Vôlei Brasil Kirin na noite desta quarta-feira (14). E como bom mandante, o time campineiro se impôs, mostrou força coletiva e derrotou o Sesi-SP, por 3 a 1 (25/18; 25/20; 20/25 e 27/25), para 7.450 torcedores, em jogo atrasado pela oitava rodada da Superliga Masculina. Foi a primeira vez que uma partida de nível nacional foi disputada no Pará.

Agora com 19 pontos na classificação, o Vôlei Brasil Kirin retomou o quarto lugar e encostou na briga pelas primeiras posições. O time campineiro volta às quadras contra São Bernardo, no próximo sábado (17), às 11 horas, no Ginásio Baetão, no ABC Paulista. 
“O ginásio é muito bonito e a torcida maravilhosa. Enfim, Belém está  de parabéns pelo que fez nesta noite e nós também. Entramos bem no jogo, concentrados do início ao fim. Fomos precisos na virada de bola e conseguimos dificultar a vida deles no saque. Foi uma vitória importante”, comentou o levantador Rodriguinho, vencedor do troféu Viva/Vôlei de melhor em quadra. 
O JOGO ??? O bloqueio campineiro, o melhor da Superliga, começou com tudo e garantiu o 4 a 0 para o Vôlei Brasil Kirin logo no começo da partida. Os paulistanos tentaram cresceram, mas foram impedidos por Vini. O central foi para o saque, anotou dois aces em sequência e obrigou o adversário a paralisar o jogo (13 a 8). O paredão seguiu funcionando com Maurício Souza e Rodriguinho e a vantagem chegou a sete pontos (16 a 9). Com Diogo inspirado na virada de bola, os comandados do técnico Horacio Dileo fecharam o primeiro set sem problemas: 25 a 18. 
No segundo set, Diogo foi para o saque, impôs um ritmo forte e colocou 4 a 1 para o Vôlei Brasil Kirin Assim como na parcial anterior, o Sesi-SP conseguiu se recuperar e deixou o jogo equilibrado. Os dois times foram trocando pontos até que a defesa campineira apareceu. Com fundo de quadra afiado, os campineiros criaram chances em contra-ataques e não desperdiçaram. Ceará e Rivaldo mostraram habilidade no ataque e abriram 16 a 14. Na frente, a equipe de Campinas anotou dois lindos pontos de bloqueio com Rivaldo e Maurício Souza, em sequência, e abriu 2 a 0 após erro do adversário: 25 a 20.  
O terceiro set foi marcado pelo equilíbrio. Vôlei Brasil Kirin e Sesi se alternaram na frente do placar. Novamente, o bloqueio campineiro fez a diferença com Diogo (11 a 9), mas em seguida os paulistanos engataram boa sequência de saque e assumiram a frente. Mesmo com a boa distribuição de Rodriguinho, especialmente pelo meio, o time de São Paulo levou a parcial: 25 a 20. 
A tensão começou a tomar conta da Arena Mangueirinho a partir do quarto set. Comandado por Rivaldo, o time campineiro tentou se desgarrar no placar, mas os paulistanos se mantiveram perseguição. Quando o ataque não funcionava, o bloqueio do Vôlei Brasil Kirin se garantia. Desta vez, foi Vini quem apareceu bem e parou o ataque adversário em duas oportunidades. Em meio ao equilíbrio da parcial, Rivaldo anotou ace, colocou os campineiros em vantagem e  obrigou o adversário a pedir tempo (21 a 20). Na reta final, em passagem de Diogo pelo saque, Maurício Souza anotou ponto em block e Rivaldo fechou o quarto período por 27 a 25 e o jogo por 3 a 1 ao aproveitar contra-ataque.
V??LEI BRASIL KIRINRodriguinho, Rivaldo, Ygor Ceará, Diogo, Maurício Souza, Vini e Tiago Brendle (líbero). Técnico ??? Horacio DileoEntraram: Jotinha, Baiano, Matheus e Bruno Temponi
Wander Roberto/Inovafoto/CBV

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE