Universidade abre vagas gratuitas para curso on-line de Felicidade

A Universidade Positivo está com inscrições abertas para o curso on-line e gratuito Ciência da Felicidade e Bem-estar. Com início nesta sexta-feira (3), o curso tem duração de quatro semanas e conta com um encontro semanal. Ao todo, são 5 mil vagas gratuitas. Os encontros são ministrados pelo professor, coordenador do curso e idealizador do Congresso Internacional da Felicidade, Gustavo Arns. ???Foi uma forma de flexibilizar o conteúdo e levar conhecimento para todo o Brasil neste momento delicado???, conta Arns. As inscrições podem ser realizadas pelo site materiais.up.edu.br/curso-felicidade-e-bem-estar.

De acordo com Arns, as aulas buscam explorar temas relativos à felicidade do ponto de vista da ciência, buscando compreender os conceitos, os possíveis caminhos para elevar o bem-estar e, de forma prática, explicar como tudo isso acontece no corpo humano a partir da inteligência emocional. ???Estudos comprovam que pessoas felizes ficam menos doentes, vivem por mais tempo, criam filhos mais saudáveis e rendem mais no trabalho???, garante.

O programa de aulas aborda o bem-estar físico, emocional, relacional, intelectual e espiritual, além de emoções positivas, engajamento, realizações e vitalidade. ???Ainda vamos discutir o que constitui uma vida boa e uma vida que vale a pena ser vivida, as raízes para compor relacionamentos mais saudáveis e, claro, intercalar com exemplos reais do momento atual e dicas para conviver neste período de pandemia???, esclarece. 

Para Arns, cuidar da saúde mental reflete diretamente na saúde emocional e física. ???Com tudo em equilíbrio, temos imunidade; o organismo fica mais forte para enfrentar qualquer doença???, explica. Segundo ele, para passar por esse período e melhorar a saúde mental, é essencial manter uma rotina, dormir e acordar no mesmo horário, com tempo para descanso, exercício físico e alimentação equilibrada. ???Tudo isso fortalece o corpo físico, deixando-o mais forte, o que reflete na mente. Pessoas com grau mais elevado de bem-estar são mais resilientes e criativas para encontrar saídas e enfrentam com mais determinação os problemas que aparecem???, afirma.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE