União segura XV em Piracicaba (2 a 2)

Com um time totalmente modificado, o XV de Piracicaba entrou em campo na noite deste sábado, 9, no estádio Barão da Serra Negra, e empatou o clássico contra o União Barbarense pelo placar de 2 a 2. Thiago Peralta e Douglas marcaram os gols do Alvinegro na partida que foi válida pela sexta rodada da Copa Paulista 2014.
Com o resultado, o Nhô Quim chega a nove pontos conquistados e hoje ocupa a vice-liderança do grupo 2 da competição estadual. ???A garotada se portou bem. Foi uma pena sofrer aqueles dois gols tão rapidamente. Acho que essa oportunidade foi importante e estava em nosso planejamento. A avaliação final do jogo é positiva???, comentou o técnico Cleber Gaúcho.
O União Barbarense iniciou a partida tentando aproveitar a falta de entrosamento do XV de Piracicaba, que veio a campo com um time totalmente modificado. Aos 3???, Melinho roubou bola de Ramon e quase encontrou Paulo Porto no meio da área.
Aos 10???, o atacante invadiu a área e na hora do chute foi travado pelo goleiro Ramon Azevedo. O Alvinegro respondeu com Lucas Viana, que quase abriu o placar em tentativa de cabeça. Aos poucos os comandados do técnico Cléber Gaúcho foram se soltando e tomando conta do jogo.
Aos 17???, Iago encontrou Tiago dentro da grande área, o meio campista cabeceou e a bola passou a direita de Douglas. Sete minutos depois foi a vez de Ramon cruzar e Lucas Viana perder outra chance de cabeça.
De tanto insistir o Nhô Quim conseguiu marcar. Cobrança de escanteio pela direita e Thiago Peralta empurrou para as redes, fazendo 1 a 0 para o XV de Piracicaba, que ampliou o marcador logo aos dois minutos do segundo tempo. Douglas cobrou falta pelo lado esquerdo e a bola entrou direto no gol do Barbarense.
A desvantagem fez o adversário sair para o ataque e, com gols aos 5??? e aos 7???, o Leão da 13 conseguiu empatar a partida. No primeiro lance, o atacante Téo aproveitou cobrança de escanteio e fez de cabeça 2 a 1.
Na sequência, Melinho fez boa jogada na frente da grande área e chutou forte de pé esquerdo para vencer Ramon Azevedo e fazer 2 a 2. O técnico Cleber Gaúcho ainda tentou buscar a vitória, apostando na velocidade de Maycon a nas chegadas do volante Juliano, mas o terceiro gol não saiu.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE