Unesp aprova cotas para escola pública

A Universidade Estadual Paulista (Unesp) aprovou na quinta-feira (25), o plano de inclusão de cotas lançado pelo governo e reitores do estado de São Paulo. O programa Pimesp – Programa de Inclusão com Mérito no Ensino Superior, foi aprovado pelo Conselho Universitário de instituição que estabelece que 50% das vagas de alunos seja para estudantes de escolas públicas. A Unesp tem até 2016 para por o programa em prática.
Dentro dessa meta, o porcentual de negros, pardos e indígenas deverá ser, também no mínimo, 35%, valor verificado para a população do Estado de São Paulo no Censo Demográfico de 2010 realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de acordo com o projeto. 

Na USP: Direito, Medicina e Engenharia rejeitam projeto de cotas do governo

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE