UFC Fight Night 193: Um olhar retrospectivo sobre as últimas quatro lutas de Thiago Santos

Depois apenas do futebol no Brasil, aqueles do país sul-americano têm crescido para amar as Artes Marciais Mistas (MMA) nas últimas duas décadas, com sua popularidade se tornando cada vez maior devido ao fato de que vários brasileiros vão se destacar no maior palco de todos os campeonatos do Ultimate Fighting Championship (UFC).

É por isso que o UFC Fight Night 193 será de particular interesse para os fãs de todo o país, pois os rivais brasileiros Thiago Santos e Johnny Walker estão prontos para se apresentar no evento principal no dia 2 de outubro. Com grandes eventos no Brasil ainda ocorrendo a portas fechadas, a competição deverá acontecer no UFC Apex em Las Vegas, e ambos os homens têm um ponto a provar após sofrerem uma série de perdas nos últimos tempos.

Santos pode ser o favorito com este site de apostas, mas seu lugar na lista do UFC pode estar em jogo com três derrotas sucessivas, e Walker não será um adversário fácil. Portanto, sem a Noite de Luta no horizonte, continue lendo enquanto damos uma olhada nas últimas quatro lutas de Marreta.

Jan Błachowicz – Vitória via TKO (socos)

A última vitória de Santos no UFC aconteceu há dois anos atrás, quando ele foi o cabeça do UFC Fight Night 145 em Praga, com um combate contra Jan Błachowicz. O brasileiro entrou na luta em boa forma, tendo vencido três vezes seguidas, e fez quatro vitórias sucessivas na República Tcheca. Depois de dois rounds exaustivos, Santos fez um avanço no terceiro, batendo seu oponente na lona com uma esquerda forte antes de vários golpes no tapete, pondo um fim à luta. O brasileiro recebeu pela quarta vez em sua carreira o prêmio Desempenho da Noite, no valor de 50.000 dólares.

Jon Jones – Derrota por decisão dividida

A série de quatro vitórias de Santos não passou despercebida por Dana White e os chefes do UFC, pois ele ganhou um leve título de peso pesado contra Jon Jones. Considerando que o americano é considerado o melhor lutador no ranking do UFC, Santos não teve muita chance nas apostas, mas se orgulhou na T-Mobile Arena em Las Vegas, levando Jones a distância no encontro de cinco rounds antes que todo o seu trabalho duro fosse desfeito por uma decisão separada dos juízes (47-48, 48-47, 48-47).

Glover Teixeira – Derrota através da submissão (estrangulamento traseiro-nú)

Aquela derrota para Jones parecia ter feito seu preço em Santos, já que ele perdeu sua próxima luta para o brasileiro Glover Teixeira na manchete do UFC na ESPN 17 na UFC Apex em Las Vegas. Santos parecia estar no controle, balançando o Glover no primeiro round antes de derrubá-lo para a lona no início do terceiro. No entanto, o artista da submissão mostrou sua habilidade no tapete, resistindo às tentativas de nocaute de Santos antes de virar a luta em sua vantagem e fazer seu companheiro brasileiro bater com um estrangulamento traseiro nu.

Aleksandar Rakić – Derrota por decisão unânime

Santos vs Aleksandar Rakić figurou na carta principal do Błachowicz vs Israel Adesanya no início deste ano, e recebeu sua terceira derrota sucessiva contra o austríaco. Não foi a mais emocionante das derrotas na carta do UFC 259 no UFC Apex, com ambos os homens mantendo em grande parte a distância em uma luta lenta e abaixo do par. Após as três rodadas, o melhor trabalho de pés, alcance e taxa de ataque do Rakić o levou a superar o Santos no cartão de pontuação do juiz (29-29, 29-28, 30-27).

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE