Ucrânia: Avião da Malaysia Airlines cai com 295

Dezenas de corpos e destroços foram localizados na área onde caiu o Boeing 777 da Malaysia Airlines, na região de Donetsk, no leste da Ucrânia, nesta quinta-feira (17). De acordo com a agência de notícias Reuters, um funcionário dos serviços de emergência relatou ter encontrado pelo menos 100 corpos em um raio de 15 quilômetros perto do vilarejo de Grabovo. Também foram identificadas partes quebradas de asas de avião, nas cores azul e vermelha, marca do emblema da companhia. A suspeita é de que o voo MH17, que partiu de Amsterdã, na Holanda, para Kuala Lumpur, na Malásia, tenha sido abatido por um míssil quando sobrevoava a 10 mil metros de altura próximo à fronteira com a Rússia, área de conflito territorial com a Ucrânia. Duzentas e noventa e cinco pessoas estavam a bordo, das quais 280 passageiros e 15 tripulantes. A Malaysia Airlines é a mesma empresa que operava uma aeronave que desapareceu em circunstâncias misteriosas em março deste ano, com 239 pessoas. O voo MH370, que fazia a ligação entre a capital malaia e Pequim, na China, perdeu o contato durante o trajeto e teria caído no sul do oceano Índico, depois de mudar de rota. Sem nenhum indício de destroços até hoje, as buscas continuam em regiões próximas à costa da Austrália.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE