Uber. Tiago Martins acusa ex-ver de proselitismo

O debate em torno da aprovação ou não do aplicativo Uber em Americana teve um ataque de um dos novos vereadores a um ‘excluído’ pelas urnas na eleição passada.
Duzzi (2013-2016) foi as redes sociais para dizer que aprovava o Uber e que tinha gastado pouco com uma corrida esta semana. Usando de seu tempo no debate, o vereador Tiago Martins (PV) detonou Duzzi em sua fala e disse que a postagem era um proselitismo.
Martins defendeu os taxistas e disse que, enquanto eles lutavam na Câmara, motoristas de Uber estavam fora ‘tomando dinheiro’ da população da cidade.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE