Uber e voto depois da hora agitam eleição do Conselho

As eleições para o conselho tutelar em Americana teve reclamações de pelo menos duas candidatas bem posicionadas mas não eleitas. Dos cinco eleitos, quatro são homens. As reclamantes usaram as redes sociais e amigos para manifestar a indignação contra o que consideram ter sido uso do poder do dinheiro e da influência de líderes políticos e religiosos.
O caso que mais chama a atenção foi o atraso na votação no ponto que ficou no bairro Antonio Zanaga. A última urna a chegar para a apuração foi a do Zanaga, que chegou perto das 19h. As notícias que chegaram do bairro davam conta de que ‘muita gente’ havia chegado para votar em cima da hora e as urnas ficaram para até depois das 18h esperando todos votarem.
UBER– Outra denúncia que deve ser levada ao CMDCA é a de que os candidatos com maior poder econômico deixaram de fazer o ‘frete’ de eleitores para apostar no transporte por aplicativo Uber. O candidato compraria as corridas e o passageiro/eleitor ficava feliz.

Gostou? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Siga-nos

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE